Flamengo joga bem, vence o Ceará e Diego desabafa: ‘Ando escoltado para vestir essa camisa’

Flamengo joga bem, vence o Ceará e Diego desabafa: ‘Ando escoltado para vestir essa camisa’

Em vitória marcada pelo desabafo, o Flamengo passou pelo Ceará com autoridade e um placar de 3 a 0, neste domingo, no Castelão, pelo Brasileiro. Depois de uma semana de protestos, a resposta enfim veio em campo. Com dois gols de Vinicius Junior, um de Diego e atuação expressiva de Lucas Paquetá, o time mostrou novamente a técnica que tem como marca, mas não vinha conseguindo apresentar.

Com o resultado, o Flamengo lidera o campeonato, com sete pontos. Há sete anos o time não ocupa a ponta do Brasileiro. A última vez foi na primeira rodada de 2011. Após marcar seu gol, Diego saltou para a galera na arquibancada, e falou pela primeira vez após os protestos no embarque do time para Fortaleza.

"Nada vai mudar o que eu penso, eu amo esses torcedores. Houve agressão no aeroporto, mas não podemos generalizar. A torcida é maravilhosa. Esperamos corresponder Às expectativas, nem sempre conseguimos. Podemos errar por pontaria e não por omissão. E vamos lutar . A torcida deu uma aula de como apoiar e estar junto do time. Em nenhum momento pensei em deixar o clube. É um sonho que estou realizando. Se eu tiver que andar escoltado para vestir essa camisa, vou me sentir bem em fazer. Em nenhum momento pensei em deixar o clube e estou à vontade com essa camisa. Vou tentar retribuir sempre esse carinho. Tem que ter personalidade e seguir em frente", disse o meia à TV Globo.

Foi animador ver a movimentação pouco estática do meio-campo do Flamengo, que passou a ter Lucas Paquetá por dentro ao lado de Diego, e a entrada de Everton Ribeiro do lado direito. Por ali, Rodinei ainda foi uma boa válvula de escape do time. E Paquetá teve novo protagonismo na organização das jogadas.

O passe para o primeiro gol de Vinicius Junior, entretanto, veio de Cuéllar. No sistema 4141, de volta com tudo, o volante nãoi deixou de avançar e deu boa assistência após roubada de bola no ataque. Até Diego pareceu mais solto com a formação ajustada por Barbieri. O camisa 10 acumulou menos tarefas. Deixou a organização para Paquetá e Cuéllar. E foi ser feliz dentro da área.

No segundo tempo, Vinicius aproveitou ótima triangulação de Paquetá e Rodinei, e arrematou o segundo gol. Em seguida, Diego ampliou o placar, com um gol de cabeça. E imediatamente disparou em direção à arquibancada, para abraçar os torcedores. O Flamengo manteve ótima atuação, sem ser ameaçado pela equipe cearense, que ocupa a zona de rebaixamento.