| Futebol

Flamengo joga mal e perde a segunda fora de casa na Libertadores

A segunda derrota do Flamengo na Libertadores, em quatro partidas, vai obrigar o time a manter o 100% de aproveitamento em casa se quiser avançar à segunda fase com antecedência. A derrota para o Atlético-PR, por 2 a 1, fez o Rubro-Negro carioca perder a liderança para o rival paranaense, que havia derrotado no Maracanã.

Na próxima quarta-feira, mais uma vez no Rio de Janeiro, o Flamengo pode retomar a ponta se derrotar os chilenos da Universidad Catolica e o Atlético-PR não perder para o San Lorenzo.

No momento, o Fla estacionou nos seis pontos, e viu o Furacão chegar a sete com gols de Thiago Heleno e Felipe Gedoz. Willian Arão descontou. No primeiro gol, Alex Muralha falhou no lance, mas disse que sofreu falta de Eduardo da Silva.

— Naquele momento o cara bateu no meu braço, o árbitro não deu nada. No segundo gol teve carga no zagueiro. Tem que levantar a cabeça porque tem muita coisa para acontecer — disse.

A pressão que o Flamengo aplicou no Maracanã, sofreu na Arena da Baixada. De cara, o Atlético-PR empurrou o adversário para trás. A bola na trave aos sete minutos, com Nikão, foi o cartão de visita. Sem Everton, que sentiu dores no tornozelo, o Flamengo dependia de Guerrero como nunca. O atacante quase marcou em jogada individual, mas chutou sem pontaria. Aos 35 minutos, a bola aérea foi fatal. Thiago Heleno subiu mais que Rafael Vaz, que substituiu Donatti, e marcou de cabeça, contando com falha do goleiro rubro-negro.

No segundo tempo, o Flamengo abriu o time com as saídas de Rômulo e Renê. A bola aérea virou uma solução. E quase surtiu efeito, mas Damião e Guerrero desperdiçaram chances. Gabriel ainda perdeu gol embaixo da trave. Com o time aberto no fim, Felipe Gedoz ampliou. Arão diminuiu tarde demais em bola rebatida na área.

Fonte: http://extra.globo.com/esporte/flamengo/flamengo-joga-mal-perde-segunda-fora-de-casa-na-libertadores-21262672.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.