Flamengo  RJ
menu
search

Flamengo joga mal, vacila no fim e perde oportunidade de encurtar distância para a liderança

26 de setembro de 2021 às 13:10h
Flamengo joga mal, vacila no fim e perde oportunidade de encurtar distância para a liderança

Por: Paula Mattos

Flamengo e América-MG entraram em campo na manhã deste domingo (26), às 11h (horário de Brasília), no Independência, para disputar a 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o time misto, o Mengo fez uma partida para esquecer, viu Michael marcar aos 43 do segundo tempo e sonhou com a aproximação à liderança. Mas, o adversário conseguiu empatar aos 46. Fim de papo: Flamengo 1 x 1 América.

O JOGO:

A primeira chance o jogo foi aos sete minutos, Bruno Henrique viu o goleiro adversário adiantado e tentou um gol por cobertura, mas Cavichioli defendeu. Seria um golaço! O América tentou responder com Zárate, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 10, Flamengo chegou com perigo novamente. Diego encontrou um lindo passe para Matheuzinho, que avançou pela direita e cruzou. Pero chegou finalizando, mas Cavachioli defendeu. Vitinho tentou aproveitar a sobra, mas foi impedido pelo defensor adversário.

Em um jogo ‘lá e cá’, aos 20 minutos, boa chance para o Mengo. Pedro recebeu na área, tentou tirar do goleiro e caiu pedindo pênalti, mas Daronco mandou seguir. E a resposta do América veio na sequência. Ademir deixou Renê na saudade e ajeitou para Marlon, que estava sozinho na área, mas isolou.

O Flamengo trabalhava a bola, mas encontrava dificuldades para chegar à área do América. E uma boa jogada foi logo após a parada para hidratação. Pedro encontrou Bruno Henrique dentro da área, mas Marlon impediu o atacante de finalizar. E esse lance aos 33 foi o último do Mais Querido até o final do jogo. Time sem saída de bola, quase não conseguia trocar passes e com uma avenida do lado esquerdo. Todas as jogadas do América foram por lá.

Sem alterações para o segundo tempo, o Flamengo não apenas não substituiu, como também não mudou a postura. E os primeiros minutos da segunda etapa foram sofríveis assim como o início da partida. E foi só aos 13 minutos que o Fla teve chance, com Pedro. Diego encontrou o atacante, que bateu forte, mas parou na defesa de Cavachioli. De qualquer forma, não valeria, porque a arbitragem assinalou impedimento. O América respondeu logo na sequência, com Felipe Azevedo, que chutou para fora.

E aos 15 minutos, substituição dupla no Flamengo. Saíram Diego e Vitinho para as entradas de Andreas e Michael. E o camisa 18 já chegou arriscando de fora da área, mas o chute saiu à direita do gol. E logo depois o Mengo teve chance com Bruno Henrique, que recebeu de Michael na cara do gol, mas recuou para o goleiro. Péssimo dia.

Matheuzinho deu uma entrada forte em Ademir, tomou o terceiro amarelo e está fora do próximo jogo, contra o Athletico-PR. Aos 24, Pedro tentou de fora da área, mas bateu fraco e facilitou a defesa de Cavachiori. E aos 28, mais duas alterações: saíram Matheuzinho e Arão para as entradas de Rodinei e Lázaro.

O Garoto do Ninho teve um discreta participação logo após sua entrada. Ele fez uma boa jogada pela esquerda e tocou para Bruno Henrique, que foi travado na hora do chute. Na sequência, Michael recebeu de Pedro, tirou a marcação e chutou, mas o goleiro espalmou.

E foi aos 43 que saiu o gol salvador do jogo, dos pés de Michael. O atacante avançou pela direita e tocou para Pedro, que deu um passe para frente e devolveu ao camisa 19. Ele fez uma jogadaça, entortou a marcação e mandou para o fundo das redes. Mengo 1 x 0. E aos 44, última alteração: saiu Bruno Henrique para a entrada de Kenedy.

E quando a torcida celebrou o que parecia ter sido o gol salvador, o América empatou. Alê recebeu bem para cabecear, Renê não acompanhou e não deu para Gabriel Batista. Mengo 1 x 1 América.

Publicado em colunadofla.com