| Futebol

Flamengo move nova ação contra Ferj para explorar publicidade de campo

Após cobrar prestação de contas da federação, Rubro-Negro quer tirar da entidade a exclusividade de negociar com empresas para a exibição de suas marcas no gramado

flameng - Flamengo move nova ação contra Ferj para explorar publicidade de campo

A guerra do Flamengo à Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) segue a todo vapor. No mesmo dia em que ajuizou ação cobrando prestação de contas da entidade, o clube moveu outro processo: exige o direito de explorar as placas de publicidade no próximo Campeonato Carioca, condição atualmente conferida somente à Ferj.

O Rubro-Negro discorda do atual modelo, no qual a Ferj vende as propriedades disponíveis nos estádio e posteriormente repassa verba aos clubes federados. O clube acredita que há uma perda substancial de dinheiro nestas condições.

- O Flamengo busca uma decisão judicial que o declare como detentor do direito de exploração da publicidade nos estádios em que for atuar, o que lhe garante, por consequência, o direito de negociar diretamente com as empresas interessadas, sem a necessidade de intermediação da Federação. Esse direito é extraído da Lei Pelé, como decorrência do direito de arena. É pleito antigo do Flamengo e de interesse de todos os clubes, creio, não obtido de forma amigável - afirmou Flávio Willeman, vice-presidente jurídico.

O dirigente do departamento jurídico rubro-negro diz que o clube esgotou as tentativas "amigáveis de entendimento" e por isso recorreu à Justiça nestas duas ações.

- Não digo que, na qualidade de vice-presidente jurídico, tenho prazer em ajuizar estas ações. Muito pelo contrário; gostaria de harmonia. Mas o Flamengo atua e atuará de forma intransigente na defesa de seus direitos e interesses, utilizando todos os meios que estiverem à disposição no ordenamento jurídico - disse Willeman.

A interlocução entre Flamengo e Ferj é ruim há tempos. Há ações com pedido de ressarcimento por danos morais e materiais entre os dois presidentes - Bandeira e Rubinho. Em junho, havia audiência de instrução e julgamento marcado entre os dois, mas Bandeira estava com a seleção brasileira nos EUA. A próxima audiência deve ser marcada para outubro. Em reunião na Ferj, Bandeira e Rubinho se desentenderam. Em janeiro de 2015, o presidente da Ferj xingou o mandatário rubro-negro na Ferj em reunião áspera entre os clubes na sede da federação.

A defesa do Rubro-Negro pediu a fita da reunião, que provaria as agressões verbais contra Bandeira. Os advogados de Rubinho alegaram que não há gravação. Bandeira pede indenização por danos morais contra Rubinho, que, por sua vez, também move ação cível e ainda outra, esta criminal, contra Bandeira - a quem acusa de calúnia em entrevistas para a imprensa. 

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/09/flamengo-move-nova-acao-contra-ferj-para-explorar-publicidade-de-campo.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.