• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Flamengo muda comissão técnica, e novos profissionais já deram início ao trabalho

O Flamengo tem o departamento médico como um dos pontos mais fortes nos bastidores do clube. Não à toa, os atletas lesionados costumam ser recuperados em tempo recorde. No entanto, nem por isso o Rubro-Negro se dá por satisfeito e contratou novos profissionais para se juntarem à comissão técnica.

Ao todo, para os profissionais, o Flamengo acertou com dois novos médicos, três preparadores físicos e três fisioterapeutas. Contudo, três destes já pertenciam ao clube carioca, o médico Mauro Fonseca, o fisioterapeuta Laniyan Neves e o preparador físico Leonardo Melo (Léozão). O trio trabalhava na categoria de base do Flamengo e foram promovidos.

Os outros cinco nomes que chegaram ao Flamengo são: o médico Fernando Bassan, os preparadores físicos Alexandre Sanz e Rafael Winicki e os fisioterapeutas Márcio Puglia e Diego Paiva. Os oito profissionais já trabalharam no treino desta quinta-feira (29), no Ninho do Urubu. As informações foram divulgadas primeiramente pelo portal GE.

Se oito pessoas foram contratadas para fazerem parte da comissão técnica do profissional, cinco se despediram do Ninho do Urubu: Os médicos Gustavo Caldeira e João Marcelo, e os fisioterapeutas Fabiano Bastos, Eduardo Calçada e José Batista. Não há demérito para os dispensados, mas o Flamengo os substituiu pois busca novas ideias para o departamento.

Entre os novos contratados, Alexandre Sanz foi reintegrado. Ele já pertencia à comissão técnica do Flamengo em 2019, mas com a chegada de Jorge Jesus, Sanz foi afastado, porém, não houve demissão, pois o profissional pertence à Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes). Rafael Winicki, por outro lado, trabalha há anos como personal trainer de atletas do Rubro-Negro.

Publicado em colunadofla.com.