Em 13 jogos sob o seu comando, o Rubro-Negro balançou a rede apenas em 14 oportunidades. Mesmo com 111 gols marcados no ano, a média caiu bastante. Com o colombiano, este número é de 1,07 por compromisso – antes, era de 1,87. No embate que encerrou a 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, ficou nítida a dificuldade do Mengão. Mais uma vez Diego teve atuação apagada - Éverton Ribeiro também pouco contribuiu. Na frente, os desfalques de Guerrero, Everton e Berrío também contribuíram, claro

Porém, está cada vez mais evidente que Rueda precisa encontrar uma nova forma para a equipe atuar. Desde que chegou, deu prioridade ao sistema defensivo, segurando um pouco mais os laterais na proteção aos zagueiros. No entanto, perdeu no apoio ao ataque, que praticamente é abastecido por ligações diretas e jogadas que pouco surtem efeito. Está mais do que na hora de achar o equilíbrio. Caso contrário, o ano que já é ruim pode terminar ainda pior, com o Fla ficando de fora da Libertadores de 2018.