| Futebol

Flamengo não deve esperar jogo fácil contra a Universidad Católica

A Católica começou mal a temporada, mas está se fortalecendo desde o empate nos minutos finais contra o Atlético-PR. Os times se enfrentarão pela 2ª rodada da Libertadores<br>

flameng - Flamengo não deve esperar jogo fácil contra a Universidad Católica

Nesta quarta-feira, o Flamengo volta aos gramados em busca de mais uma vitória na Libertadores para se manter líder invicto do Grupo 4. O time está ciente do perigo que a Universidad Católica pode oferecer, após o empate nos minutos finais contra o Atlético-PR na primeira rodada e deve entrar com tudo para vencer a partida válida pela segunda rodada da fase de grupos.

Bicampeã no Chile em 2016, a Católica iniciou a temporada de um jeito inesperado. Até a última semana, o time tinha quatro derrotas e apenas uma vitória no Campeonato Chileno deste ano. Os resultados chegaram a deixar o time na lanterna. No último sábado, as coisas mudaram um pouco. O time do atacante Santiago Silva, que estava sofrendo escassez de gols, venceu o Antofagasta por 4 a 1.

Pela Libertadores, foi um pouco mais sofrido, mas a Católica assustou ao conquistar o empate no fim do jogo contra o Atlético-PR. A Católica só conseguiu empatar aos 42 minutos do segundo tempo, tendo realizado o primeiro gol aos 40.


NICOLÁS CASTILLO ASSINA COM PUMAS

A crise começou no fim de 2016, quando o maior goleador do time, o atacante Nicolás Castillo, deixou a equipe para atuar no Pumas (MEX). Em busca de substituir o atleta, a Católica apostou na contratação do uruguaio Santiago Silva, que fez seu papel contra o Antofagasta, marcando dois gols na partida.


ESQUEMA DE JOGO

O esquema tático do técnico Salas tem figurinhas valiosas. Diego Buonanotte pode ser comparado ao meia do Flamengo, por se tratar de um jogador ágil e criativo. Ricardo Noir, autor de um dos gols contra o Antofagasta, também é peça registrada. É um atleta que tem facilidade para jogar pela esquerda. Enquanto isso, o time conta com Fuenzalida para cuidar do lado direito.


FIM DA ESCASSEZ DE GOLS DE SANTIAGO SILVA

Após quase três meses sem marcar, Santiago Silva, conhecido como 'El Tanque', também é importante componente no time de Salas. O centroavante de 36 anos já passou por clubes como Corinthians e Boca Júnior, inclusive foi ele que eliminou o Fluminense da Libertadores 2012.


JOGO

O elenco da Universidad Católica busca manter a posse de bola e joga de forma agressiva, de onde vem o valor de Kalinski e Buonanotte, que juntos dominam o meio de campo. Contra o Flamengo, o time não contará com Guilhermo Maripan, que foi expulso na partida contra o Atlético-PR. Em seu lugar é esperado que entre Benjamin Kuscevic, destaque da base do clube chileno.

Apesar de estar em 11ª na tabela do Campeonato Chileno, com seis pontos, o Universidad Católica ocupa o segundo lugar do Grupo 4 da Libertadores. O Flamengo encontra-se em situação mais favorável. A única derrota no estadual foi por pênaltis, na final da Taça Guanabara, contra o Fluminense. Na Libertadores, os rubro-negros começaram com o pé direito, batendo o San Lorenzo com facilidade por 4 a 0 e fazendo uma grande festa no Maracanã.

Na vitória por 4 a 1 contra a Portuguesa, Zé Ricardo optou por utilizar o time reserva. Com isso, o elenco titular que bateu o San Lorenzo na primeira rodada, formado por Muralha; Pará; Réver, Rafael Vaz; Trauco; Willian Arão, Romulo; Diego; (Mancuello), Berrio, Everton e Paolo Guerrero, deve voltar aos gramados nesta quarta-feira. A novidade é Berrío, já que Mancuello vai ficar de fora por precaução, depois do choque de cabeça com Ruben Botta na última semana.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/flamengo-nao-deve-esperar-jogo-facil-contra-universidad-catolica.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.