"A Ilha do Urubu continua sendo a nossa casa. Mas estamos falando de um clássico decisivo e com grande apelo de público. Queremos viabilizar a maior presença possível de rubro-negros e no Maracanã tenho certeza de que teremos o apoio em massa dos nossos torcedores. E isso sempre fez a diferença", afirmou o presidente do clube, Eduardo Bandeira de Mello, em entrevista ao ​Lance!.

O jogo de ida, marcado para o dia 16 de agosto e com mando do Botafogo, continua marcado para o estádio Nilton Santos. Na outra semifinal, Cruzeiro e Grêmio se enfrentam em busca de uma vaga na decisão contra um dos times cariocas.

​​

​​