| Futebol

Flamengo reage à crise com contratações e apresenta Rhodolfo

Atacante Geuvânio está próximo de ser anunciado

O ritual não muda: pompa e circunstância para a apresentação de um jogador no Ninho do Urubu. Com boas credenciais, ele exalta a grandeza da instituição e promete dar a vida em campo. O ator principal nesta segunda foi o zagueiro Rhodolfo, o sétimo atleta da posição contratado desde 2015. A não ser por Réver, não tem dado muito certo.

Aos 30 anos e com contrato até o fim de 2019, Rhodolfo traz consigo um mau retrospecto: na última temporada, disputou apenas dez partidas oficiais. O jogador garante que isso não é sinal de momento ruim ou de problemas físicos. Segundo ele, o ostracismo no Besiktas, da Turquia, não passou de opção do treinador.

— Não estou machucado e desde que voltei de uma cirurgia, nunca mais me lesionei. Joguei algumas partidas, mas por opção do técnico, tive que respeitar e esperar. Vinha treinando mais forte ainda na Turquia — garantiu o jogador, contratado por R$ 5,3 milhões.

Antes dele, o Flamengo já havia feito um investimento de R$ 5 milhões para contratar o argentino Donatti, em julho de 2016. Entre o período lesionado e a reserva, o gringo soma apenas 11 partidas, em um custo-benefício impressionantemente negativo.

Depois de Rhodolfo, o próximo reforço a ser apresentado pelo Flamengo deve ser Geuvânio. O jogador acertou sua saída do Tianjin Quanjian, da China, por empréstimo de um ano e meio, e o clube rubro-negro deve arcar com 50% de seu salário.

Durante a apresentação do zagueiro, o diretor de futebol Rodrigo Caetano indicou em que pé anda a negociação para trazer o atacante de 25 anos, revelado pelo Santos.

— Tem realmente uma conversa avançada. Vocês sabem que eu sou extremamente cauteloso, às vezes mal interpretado por conta disso, porque no futebol já se viu muita coisa — destacou o dirigente, sem entrar em maiores detalhes.

Caso confirme o negócio, o Flamengo deve dar por encerrado o ciclo de contratações no ano. Apenas a perda de um jogador do elenco pode fazer com que a diretoria mude de ideia e siga no mercado atrás de reforços. Depois que Geuvânio vier, a preocupação será fazer o elenco de astros render o que a torcida espera.

— Precisamos transformar esse elenco forte em um time — ressaltou Caetano.

Com a vinda de Rhodolfo e o provável acerto com Geuvânio, o Flamengo somará oito reforços em 2017.

Conca vai bem em jogo-treino

Ainda aguardando sua estreia no Flamengo, Darío Conca assistiu ao empate com o Avaí todo do banco de reservas e no dia seguinte foi um dos destaques do jogo-treino do Flamengo contra o Gonçalense, da Segunda Divisão do Rio. Em atividade realizada nesta segunda, no Ninho do Urubu, o argentino deixou o dele na goleada de 4 a 0.

Ederson, Adryan e Rodinei também marcaram. Dos quatro, Conca é o único que ainda não atuou em jogo oficial pelo Flamengo este ano. Apesar da expectativa, a tendência é que ele ainda seja reserva na partida contra a Ponte Preta, quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro, quando o time fará sua estreia no Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador.

Éverton Ribeiro, ao lado dos convalescentes Donatti e Berrío, realizou trabalho à parte. O primeiro, apresentado na semana passada, ainda cuida do condicionamento físico antes de trabalhar com bola, enquanto que os dois últimos estão em fase final de recuperação de lesão. A dupla ainda não tem previsão de quando estará à disposição.


Seja o primeiro a comentar

Fonte: https://oglobo.globo.com/esportes/flamengo-reage-crise-com-contratacoes-apresenta-rhodolfo-21470667

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.