| Futebol

Flamengo recebe 30 novos barcos para formação no remo

Mais Querido, em parceria com o Comitê Brasileiro de Clubes, investiu para melhorar a criação de atletas no esporte fundador

flameng - Flamengo recebe 30 novos barcos para formação no remo

Foto: Reprodução/ Twitter Time Flamengo

Na manhã desta sexta-feira (28), o remo rubro-negro recebeu 30 novos e modernos barcos. Em convênio com o Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), o Flamengo contará ainda com mais 12, totalizando 42, que servirão para as equipes de formação do esporte fundador. Além disso, o Mais Querido também ganhou 56 pares de remos de palamenta dupla e 13 pares de remos de palamenta simples.

A garagem, que foi reformada recentemente e ganhou mais espaço, recebeu os novos barcos logo cedo. Com a presença do diretor-executivo de Esportes Olímpicos, Marcelo Vido, do supervisor técnico do remo, Edson Figueiredo, e do vice-presidente de Remo, Bruno Cotecchia, a flotilha foi apresentada e oficialmente entregue ao Flamengo.

"A chegada desses barcos tem uma importância não apenas material, é também um resgate da essência do Flamengo como formador. O clube vem, ao longo dos últimos 20 anos, com um material muito degradado. Recentemente adquirimos uma flotilha de competição e existia esse vácuo no material de formação, que era muito antigo. O material que utilizávamos com a garotada tinha muito uso, o que acabava afetando a parte técnica. Graças ao projeto que fizemos com o CBC para a formação de novos atletas, conseguimos todos esses 42 barcos e será muito importante, um verdadeiro diferencial. Temos uma história formando bons remadores e queremos seguir fazendo isso", afirmou Bruno Cotecchia.

As equipes de remo do Mais Querido terão duas importantes competições pela frente. Neste final de semana (29), os atletas não federados estarão na Regata do Futuro. Já no mês que vem, dia 13 de agosto, acontecerá a 4ª Regata do Estadual. Os dois torneios serão na Lagoa Rodrigo de Freitas.

As equipes de remo do Clube de Regatas do Flamengo contam com recursos de seus patrocinadores – AmBev, Rede D’or, IRB Brasil RE, CSN, Brasil Plural, EY – via Lei de Incentivo Federal/Ministério do Esporte (IR), além de apoio do Comitê Brasileiro de Clubes (CBC) proveniente da descentralização de recursos oriundos da Lei Pelé. O Projeto Anjo da Guarda Rubro-Negro, de transferência fiscal de pessoa física, beneficia todas as modalidades olímpicas do Mais Querido.


*sob supervisão de Isabela Abirached

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/25760/flamengo-recebe-30-novos-barcos-para-formacao-no-remo

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.