Flamengo repudia ofensas raciais a Vini Jr: 'O drible tem que ser no ódio'

Flamengo repudia ofensas raciais a Vini Jr: 'O drible tem que ser no ódio'

Por meio de suas redes sociais, o Flamengo se manifestou e repudiou as ofensas raciais sofridas pelo atacante Vinícius Júnior no clássico contra o Botafogo, no sábado, no Estádio Nilton Santos. O jogador, expulso poucos minutos depois de entrar em campo, foi hostilizado pela torcida do Botafogo.

Confira a mensagem publicada pelo Flamengo nas redes sociais:

O drible tem que ser no ódio. A pedalada é pra cima da discriminação. A rabiscada é pra cima dos preconceituosos. E o cartão vermelho é para os racistas infiltrados no futebol e em toda a nossa sociedade.

A post shared by Flamengo (@flamengo) on

A animosidade entre os torcedores do Alvinegro e Vinícius Júnior explica-se pela comemoração do  atacante no último clássico. Ao marcar na semifinal da Taça Guanabara, o camisa 20 fez o "chororô", o que não justifica qualquer agressão.

Vinícius Júnior foi bastante hostilizado pelos torcedores do Botafogo, mas um vídeo viralizou após o jogo em que uma senhora faz ofensas raciais, por meio da leitura labial é possível entender o que é falado. Um torcedor arremessou um copo em direção ao jogador quando o mesmo descia para o vestiário.

Ele foi identificado na hora do ato e encaminhado pela Polícia Militar ao Jecrim.

O encontro entre Botafogo e Flamengo já provocou outro episódio lamentável envolvendo Vinícius Júnior. Em agosto de 2017, a família do atacante sofreu ofensas raciais no Estádio Nilton Santos, em jogo válido pela Copa do Brasil. O agressor foi identificado e detido, e a mãe do jogos prestou queixa na Polícia.