| Futebol

Flamengo retoma rodízio em fase decisiva, mas garante briga em duas frentes

flameng - Flamengo retoma rodízio em fase decisiva, mas garante briga em duas frentes

Em momento decisivo da temporada, o Flamengo volta a promover o rodízio entre seus jogadores diante do desgaste atribuído à sequência de jogos e viagens. A estratégia foi conhecida na Primeira Liga, e não deu certo. O planejamento reapareceu na derrota para o Figueirense pela Copa Sul-Americana, e terá continuidade durante o Brasileiro para que o time chegue inteiro ao fim do ano.

Jogo a jogo, atletas com pouca rodagem no clube podem ser utilizados e deixar os que vinham atuando descansar. Foi o que aconteceu na última quarta-feira, quando, por exemplo, o meia Diego e o atacante Leandro Damião sequer foram relacionados, após terem atuado bem no fim de semana, contra o Grêmio.

- Estamos tendo cuidado com atletas que ficaram muito tempo parados, sem jogar há algum tempo, e acreditamos que temos que recuperar fisicamente alguns atletas importantes. Outros estão na mesma condição técnica, e acreditamos que o ritmo não cairia tanto - avaliou Zé Ricardo, após derrota de 4 a 2 para o Figueirense.

Mesmo com o objetivo de dar ritmo para que todos os atletas atuem no meio e no fim de semana na reta final, a comissão técnica e a diretoria rubro-negras mantêm as atenções em duas frentes. O elenco está em Chapecó, onde no domingo enfrenta a Chapecoense pelo torneio Nacional. Na segunda-feira, o clube volta atenções para o torneio internacional e decide quem estará à disposição no jogo de volta contra o Figueirense. As avaliações físicas que determinam quem está em melhores condições a cada jogo serão mantidas. Mas será usada força máxima.

Diego volta

Mais uma vez, a decisão de poupar os atletas que vinham atuando com mais frequência se deveu ao desgaste físico. A última partida, contra o Grêmio, ocorreu às 11h, debaixo de sol e com pouca umidade, em Brasília. Foi a senha para jogadores que estavam aptos entrarem para ganhar ritmo. Não se imaginou, contudo, que nomes como Rodinei, Juan e Donatti provocassem uma queda de produção tão brusca na defesa, até por serem considerados titulares no papel. As bolas paradas defensivas foram o ponto fraco de uma defesa que já havia corrigido esse problema.

Nos demais setores, a escolha por atletas que ao longo da temporada já foram titulares em algum momento tranquilizou o técnico Zé Ricardo. A combinação, no entanto, azedou. Apenas Alan Patrick e Cuéllar se salvaram. Para domingo, a tendência é que Márcio Araújo volte ao time e William Arão atue mais adiantado. Diego tem retorno certo. A dúvida é como Zé Ricardo formará o ataque. Marcelo Cirino deve dar lugar a outro atacante de velocidade, como Evertou ou Gabriel. Guerrero deve permanecer, mas tem a sombra de Damião cada vez mais forte. A defesa volta com Muralha, Pará, Réver, Vaz e Jorge.

Fonte: http://extra.globo.com/esporte/flamengo/flamengo-retoma-rodizio-em-fase-decisiva-mas-garante-briga-em-duas-frentes-19993956.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.