• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Flamengo revela valores exatos das vendas de Vinicius Souza e Caio Roque

O Flamengo divulgou mais um balancete com as contas do clube em 2020. Apesar das restrições por conta da crise causada pela pandemia da Covid-19, o Rubro-Negro conseguiu reduzir as despesas no último trimestre. Atualmente, um déficit de R$ 19,8 milhões, quase R$ 7 milhões a menos do que o último balanço. No documento, o Mais Querido registou o lucro de milhões com as vendas de jogadores da base.

Recentemente, o Flamengo vendeu duas promessas das categorias de base para o futebol europeu. Caio Roque e Vinicius Souza foram vendidos para o Grupo City e a transação vai render 4 milhões de euros aos cofres do Fla, isto é, cerca de R$ 26 milhões, na cotação atual. Os jovens foram alocados no Lommel SK, da Bélgica e, inclusive, já estrearam no futebol europeu.

No balancete divulgado, o Flamengo receberá 2,5 milhões de euros por Vinicius Souza e 1,5 milhão de euros por Caio Roque. Além disso, o Rubro-Negro informou que o pagamento será feito em duas parcelas. O primeiro parcelamento foi pago em outubro, enquanto o segundo está agendado para julho de 2021 e setembro de 2021, por Vinição e Caio, respectivamente.

Outro ‘cria’ que vai render dinheiro aos cofres do Flamengo é Lucas Paquetá. O meia foi vendido do Milan para o Lyon, e o Rubro-Negro tem direito a receber 800 mil euros, como mecanismo de solidariedade da Fifa, visto que foi o clube formador do jogador.

VENDAS DA BASE REGISTRADAS:

Vinicius Souza: 2,5 milhões de euros (1ª parcela: 1,7 milhão de euros em outubro de 2020; 2ª parcela: 800 mil euros em julho de 2021)
Caio Roque: 1,5 milhão de euros (1ª parcela: 1 milhão de euros em outubro de 2020; 2ª parcela: 500 mil euros em setembro de 2021)

 

Publicado em colunadofla.com.