Flamengo se defende em audiência na Conmebol e aguarda resultado para Libertadores

Terminou no começo da tarde desta quinta-feira, hora do Brasil, a audiência na Conmebol que julgou recurso do Flamengo pela confusão na final da Sul-Americana. O encontrou durou uma hora e meia e nele representantes do clube foram ouvidos para justificar os problemas de invasão ao Maracanã, que geraram pena de duas partidas com portões fechados na Libertadores, além de multa.

O diretor Marcelo Frazão e o advogado Pedro Fida compareceram a Luque, no Paraguai, onde funciona o Tribunal de Apelação. O clube solicitou suspensão da pena e da multa e espera o resultado antes do jogo com o River Plate, na quarta-feira, marcado para o estádio Nilton Santos.

Caso consiga anular a pena, haverá venda de ingressos para a partida. Do contrário, o foco é atenuar e ficar apenas um jogo com portões fechados. Com isso, o Flamengo jogaria com torcida apenas na terceira rodada, quando terá o seu segundo mando de campo.