A dupla de zaga do Flamengo, formada por Natan e Otávio, chamou atenção no empate com o Palmeiras. Mas o primeiro dos jovens é o único zagueiro disponível para o jogo de quarta-feira, contra o Independiente Del Valle.

Otávio não está inscrito na Libertadores, e todos os defensores do elenco principal na lista estão infectados com a Covid-19 - Rodrigo Caio, Léo Pereira, Thuler e Gustavo Henrique.

Assim, Natan será o único jogador da posição relacionado. Aos 19 anos, ele tem em 2020 quatro jogos pela Libertadores sub-20, três pelo Estadual da categoria e um do Brasileiro adulto, exatamente o deste domingo.

Dos outros zagueiros do elenco, Gabriel Noga, também do sub-20, testou positivo para a Covid-19 na sexta. Ele era um dos jovens inscritos na Libertadores. Agora, o Flamengo só pode alterar a lista nas oitavas de final.

A comissão técnica rubro-negra terá que improvisar um volante ou um lateral. Dos atletas que podem voltar ao time após novos exames nesta segunda-feira, nenhum é zagueiro.

Isla, Matheuzinho, Michael, Bruno Henrique, Filipe Luis e Diego Ribas são os sete primeiros contaminados da viagem ao Equador, e se testarem negativo podem voltar a ser relacionados. Os zagueiros foram diagnosticados antes do jogo contra o Barcelona, dia 22.

A Conmebol só autoriza o uso de atletas com exames negativos há dez dias, pelo menos.

Nascido em Itapecerica da Serra, em São Paulo, o zagueiro Natan já soma sete títulos pelo Flamengo juntando categorias de base e elenco profissional. Os de maior destaque foram a Copa do Brasil Bub-17, o Brasileiro Sub-20, a Supercopa do Brasil Sub-20 e o Campeonato Carioca de 2020.

Durante a infância, Natan precisou trabalhar para ajudar a família financeiramente para cuidar do seu irmão, que é cadeirante. Apesar de nascido em São Paulo, ele se considera capixaba pois mudou com apenas um ano para o Espírito Santo. Ele foi contratado em 2017 pelo Flamengo após ser dispensado pela Ponte Preta.