| Futebol

Flamengo tem apagão defensivo e perde de virada para o Grêmio pelo Brasileiro

flameng - Flamengo tem apagão defensivo e perde de virada para o Grêmio pelo Brasileiro

Nenhuma estratégia sobrevive a falhas individuais de dois zagueiros e um lateral. O Flamengo seguia bem a cartilha dos visitantes e quase estragou a empolgação do Grêmio, mas o finalista da Libertadores se aproveitou de um apagão defensivo e de erros de Rhodolfo, Rafael Vaz e Pará e mudou o jogo em três minutos no segundo tempo.

Com dois de Everton e um de Luan, o time de Renato Gaúcho venceu de virada neste domingo, por 3 a 1, e deixou a equipe de Rueda sob risco de deixar o grupo que se classifica para a pré-Libertadores ao fim da rodada do Brasileiro. O gol e a boa partida de Everton Ribeiro não foram suficientes.

Após deixar o resultado escapar, o Flamengo se mantém com 47 pontos e pode ser superado pelo Vasco e cair para a oitava posição na tabela. O próximo adversário é o Cruzeiro, quarta-feira, na Ilha.

Início inteligente e jogo equilibrado

O Flamengo começou bem postado e diminuiu as linhas de ataque do Grêmio, que entrou em campo com força máxima apesar da final Libertadores adiante. A escalação rubro-negra com Márcio Araújo em linha de três volantes deu segurança contra Luan e companhia, mas também isolou os homens de frente. Vizeu ficou sozinho e Everton Ribeiro teve dificuldade de encostar e criar. O Grêmio conservava a posse de bola e controlava o jogo sem sofrer sustos. A primeira jogada de perigo dos donos da casa foi um chute à distãncia de Luan, bem marcado, e defendida por Diego Alves.

Após o ímpeto inicial do Grêmio, o Flamengo conseguiu ficar mais com a bola e organizar as jogadas a partir da defesa. Quando Everton Ribeiro enfim achou um bom passe, Vizeu saiu no mano a mano com Geromel e levou perigo em finalização. O perigo aumentou em arremate de Ribeiro após escanteio, mas o chute foi para fora. No meio da etapa inicial, o Flamengo cresceu na partida e já não era mais tão ameaçado. Em bela troca de passe que começou na defesa, Renê assustou Paulo Victor mais uma vez.

Ribeiro aparece e homenageia Guerrero

No fim, a defesa se desarrumou um pouco e o Grêmio quase marcou com Ramiro, após erro de passe de Willian Arão, que tentou sair com passe de letra. O equilíbrio perdurou e garantiu o placar zerado no primeiro tempo. O Flamengo não mexeu no intervalo. Nem precisou. Em boa jogada, Everton Ribeiro arrancou, tocou para Everton, e recebeu de volta para finalizar de cabeça. Na comemoração, o camisa sete homenageou Guerrero. 1 a 0 logo no primeiro minuto.

Apesar do gol, o Flamengo não recuou. Se aproveitou do bom momento para pressionar e tentar ampliar sobre o Grêmio, que buscou reagir. Defensivamente, porém, o Rubro-negro não dava brechas. Sem a bola, recuava compacto. E apostava nos contra-ataques puxados por Everton Ribeiro. O meia criou boa chance com Renê pela esquerda e Cuéllar quase fez o segundo. O volante resumiu o bom equilíbrio defensivo da equipe e dominou as ações de meio-campo. Do lado do Grêmio, Arthur e Michel não conseguiam espaço e o time de Renato Gaúcho não se criava contra o Flamengo de Rueda.

Apagão em três minutos compromete resultado

Mas o treinador colombiano se contentou com o que via e manteve a mesma estratégia. Precisou que a zaga rubro-negra desse mais uma de suas panes para haver o empate. O atacante Ewerton entrou em campo e na primeira participação achou espaço entre Vaz e Rhodolfo para deixar tudo igual. No ataque seguinte, o atacante contou com vacilo de Pará, que já havia errado no primeiro gol, e virou o jogo. A pane geral desestruturou o Flamengo e Rueda resolveu lançar Vinicius Junior, mas era tarde. Luan ainda fez um na defesa desarrumada e enterrou as pretenções de visitante estrategista do Flamengo.

Fonte: https://extra.globo.com/esporte/flamengo/flamengo-tem-apagao-defensivo-perde-de-virada-para-gremio-pelo-brasileiro-22032163.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.