Flamengo tem dez dias para recuperar desfalques de olho em semi no Estadual e na Libertadores

Flamengo tem dez dias para recuperar desfalques de olho em semi no Estadual e na Libertadores

O Centro de Excelência em Performance do Flamengo tem dez dias para colocar á disposição do técnico Zé Ricardo a força máxima para encarar a semifinal do Estadual e a próxima rodada da Libertadores. O time encarar o Botafogo no dia 23 de abril, e o Atlético-PR no dia 26. Até lá, o técnico Zé Ricardo deve poder contar com a maioria dos jogadores que foram baixas no Maracanã nesta quarta-feira, diante do Furacão.

Berrío, suspenso na Libertadores, é presença certa como opção contra o Botafogo. Além dele, a tendência é que Zé Ricardo já tenha Rômulo, em fase de transição, e Mancuello, que teve apenas uma indisposição contra o Atlético-PR. A expectativa é contar ainda com Everton, que não atuou por causa de dores no joelho.

A principal dúvida fica para esta quinta-feira, quando o meia Diego fará exame para avaliar a gravidade de uma torção no joelho direito. Se não for grave, o problema não deve tirá-lo dos próximos compromissos.

- Diego foi com toda vontade para o jogo. Acabou sofrendo uma contusão, o jogador caiu por cima da perna dele. Vai ser avaliado para ver a extensão da lesão. Tomara que não seja nada. Mas temos um grupo forte. Atletas que não vinham jogando. Tentaram se manter fieis a estrategia para o jogo. Orgulho de dirigir esse grupo - disse o técnico Zé Ricardo.