Flamengo teme que danos causados pela chuva tirem estreia da Libertadores da Ilha

Flamengo teme que danos causados pela chuva tirem estreia da Libertadores da Ilha

Em uma primeira avaliação, os danos causados pela chuva à Ilha do Urubu podem ser um problema para a estreia do Flamengo na Libertadores, dia 28 de fevereiro, contra o River Plate.

LEIA TAMBÉM: Flamengo pode ter Trauco e Arão contra o Boavista

As duas torres que desabaram em decorrência de uma tempestade nesta madrugada terão que ser repostas em menos de duas semanas.

Técnicos passam o dia no local para avaliar o tamanho do problema e o prazo para o reparo e funcionamento.

Até a manhã desta sexta-feira, os dirigentes vão ter a noção sobre o tempo para reestabelecer as condições de uso do estádio.

Assim que o conserto for feito, a documentação das torres que caíram precisarão ser aprovadas novamente por autoridades competentes.

As altenativas de estádio já estão em análise pela diretoria rubro-negra, e Volta Redonda seria o local mais barato.

Caso a Ilha do Urubu não possa receber os jogos, o Flamengo terá que enviar outra solicitação à Conmebol.

A entidade autorizou o uso do palco em substituição ao Maracanã, já que a primeira partida do Flamengo será sem torcida, uma vez que o clube foi punido.

Vale lembrar que a liberação da Ilha do Urubu passou por uma enorme burocracia dos Bombeiros para emissão de laudos técnicos.