O vice-presidente geral do Rubro-Negro, Mauricio Gomes de Mattos, explicou em entrevista ao site ​UOL Esporte que um projeto de larga demanda vem sendo implementado não só no Brasil, mas em outras cidades do mundo. O clube carioca trabalhou para ampliar consideravelmente suas embaixadas e consulados (61 novos grupos em 120 dias):

"O Flamengo está caminhando para ser potência mundial, haja vista a ressonância que este projeto está nos dando, a quantidade de dinheiro que está entrando no clube. O que idealizamos foi fidelizar os sócios num projeto que visa o cunho social, esportivo e, principalmente, buscar sócios-torcedores e jogadores para o clube. Saneando as dívidas, o Flamengo passa a ser imbatível. O clube está alinhado com os seus compromissos, caminhando para ser o Real Madrid do Brasil, Barcelona do Brasil, Bayern, Juventus", entusiasmou-se.

Outro que vem ajudando a tocar o projeto é o vice de marketing, Daniel Orlean, que deu ainda mais detalhes a respeito do que tem sido desempenhado até o momento pela sua pasta:

"A ideia é aproximar o Flamengo do rubro-negro onde quer que ele esteja, Campos, Maranhão, Acre, Lisboa, Orlando... Em qualquer lugar há rubro-negros com camisas. Muitas vezes, essas pessoas querem se juntar, se aproximar para viver mais o Flamengo. Criamos uma série de eventos. Temos um resultado muito bacana, fazendo também peneiras e encontrando atletas. Acho que o trabalho está superando expectativas", analisou o dirigente.