Explica-se: o time mais popular do Brasil tem um homônimo amador em Santiago. O Club Deportivo Flamengo foi fundado em homenagem ao "mais famoso". Para recepcionar os brasileiros, os "irmãos" chilenos programaram até churrasco para mais de cem pessoas.

E, a partir das 21h45min, todos estarão juntos, nas arquibancadas, torcendo pela vitória do rubro-negro de Diego e companhia. Não será no Maracanã, mas os flamenguistas certamente se sentirão em casa. Resta saber, apenas, se os locais também vão pagar o cachorro-quente e a cerveja. Afinal de contas, a recepção tem que ser completa e brindada com a segunda vitória na Libertadores.

Universidad Católica: Toselli; Espinoza, Kuscevic, Lanaro e Parot; Fuentes, Kalinsky, Fuenzalida, Buonanotte e Noir; Santiago Silva. Técnico: Mario Sallas.

Flamengo: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Romulo, Willian Arão e Diego; Gabriel (Berrío), Everton e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Foto: Arquivo Pessoal

​​