| Futebol

Flamengo vai manter preços mais baixos para confronto com o Sport

Presença da torcida no clássico corresponde à expectativa e mesmo com lucro reduzido, clube atende pedido público do técnico Vanderlei Luxemburgo

Foram mais de 50 mil pessoas no Maracanã domingo para acompanhar o clássico com o Botafogo, sendo pouco mais de 43 mil pagantes. O resultado foi satisfatório para a diretoria do Flamengo, coroando a vitória por 1 a 0. Com isso, a decisão tomada para o próximo jogo no estádio, contra o Sport, dia 10, é de manter os preços mais baixos. A venda só começa na semana que vem depois do confronto com a Chapecoense, domingo, em Chapecó.

Normalmente, o Flamengo cobra R$ 60 pelo ingresso de arquibancada nos setores Norte e Sul. No clássico, baixou para R$ 40. No Leste inferior, o preço usual já esteve em R$ 100, mas será vendido a R$ 60, repetindo o valor do clássico. No setores Leste e Oeste Superior, o ingresso também custará R$ 60. O Maracanã Mais ainda está será discutido com o Consórcio.

Jogadores flamengo aplaudem torcida (Foto: André Durão / Globoesporte.com)Jogadores do Flamengo aplaudem a torcida depois do clássico (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

- A promoção não é o único fator que leva o torcedor ao estádio. Tem a situação do time na tabela, a chegada do Luxemburgo e sua relação com o clube, as estreias de Canteros e Eduardo da Silva e o fato de não jogar desde 18 de maio no Maracanã. Mas vamos manter esses preços para o jogo com o Sport - afirmou o diretor de marketing do Flamengo, Bruno Spindel.

A manutenção dos preços mais baixos foi também um pedido público do técnico Vanderlei Luxemburgo depois da vitória sobre o Botafogo. Na ocasião, ele exaltou o comportamento dos torcedores, que abraçaram o time em um momento de dificuldade. O resultado tirou o Flamengo da lanterna do Campeonato Brasileiro, mas não da zona de rebaixamento.

- Estamos muito felizes com o público e o resultado do jogo. Queremos que a torcida continue nos apoiando. Também ficamos satisfeitos com o número de torcedores que foi ao jogo comprando na comodidade, via internet, carregando o seu cartão em casa e entrando no estádio sem a necessidade de troca. Esperamos que o programa volte a crescer com essa química. O time já fez as pazes com a vitória e agora torcemos para entrar em uma série melhor para coisas positivas surgirem - disse Bruno. 

A torcida está interessada em construir um Flamengo mais forte, fazer parte disso. A gente espera que os benefícios que existem tragam esse torcedor para o programa
Bruno Spindel

Houve relatos de problemas na entrada do sócio-torcedor utilizando o cartão. Muitos entraram apenas mostrando o objeto, já que a catraca não os reconhecia. Bruno lembrou que essa situação é algo também relativo ao trabalho do consórcio administrador do estádio, mas tratou a situação como uma situação normal, pois havia uma mudança de sistema para esse jogo.

- A gente teve notícia disso, mas a operação do jogo em si foi boa. A torcida está interessada em construir um Flamengo mais forte, fazer parte disso. A gente espera que os benefícios que existem tragam esse torcedor para o programa - comentou Bruno.

Em percentual e no total, o Flamengo também arrecadou mais contra o Botafogo do que no jogo com o São Paulo. No dia 18 de maio, recebeu 19.871 pagantes para uma renda bruta de R$ 968.230. Antes das penhoras, o valor destinado ao clube carioca foi de R$ 301.758,55, ou seja, 31,1%. No clássico, o valor total foi de R$ 1.499.250, com R$ 511.276,90 (34%) nas mãos do Flamengo.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.