| Futebol

Flamengo, Vasco e mais: saiba de onde são os destaques da seleção sub-17

Com talentos de São Paulo, Palmeiras e outros, Brasil pega Inglaterra por vaga na final

flameng - Flamengo, Vasco e mais: saiba de onde são os destaques da seleção sub-17

Uma semifinal de Copa do Mundo alcançada com um time-base formado só por atletas que jogam no Brasil. Na impossibilidade de que isso aconteça entre os profissionais, no futebol globalizado de hoje em dia, a campanha da seleção brasileira no Mundial Sub-17 deste ano oferece aos torcedores brasileiros um gosto perdido no tempo. A provável escalação da partida contra a Inglaterra nesta quarta-feira, valendo vaga na decisão do Mundial - a TV Globo transmite ao vivo às 9h30m (horário de Brasília) -, tem como espinha dorsal jogadores de São Paulo, Palmeiras, Atlético-PR, Vasco e Flamengo.

O São Paulo é o principal fornecedor de matéria-prima para a excelente campanha do Brasil, que superou a Alemanha nas quartas de final, de virada. Quatro jogadores da equipe paulista já foram lançados pelo técnico da seleção, Carlos Amadeu, no Mundial, e dois deles são titulares recorrentes.

O atacante Brenner, alçado à condição de titular devido ao corte de Vinícius Jr., que não foi liberado pelo Flamengo, é um dos artilheiros brasileiros na competição, com três gols. Outro são-paulino que se destacou é o lateral-esquerdo Weverson, autor do gol de empate contra os alemães, e que deve voltar ao time titular na semifinal diante da Inglaterra após ter sido barrado por Luan Cândido, do Palmeiras.

O rival paulistano do São Paulo também tem participação importante no time de Carlos Amadeu. O Palmeiras é o clube de ninguém menos que o camisa 10 desta seleção sub-17: o meia Alanzinho, que também é o principal "garçom" do Brasil no Mundial, com duas assistências. O zagueiro Vitão, capitão desta jovem seleção, é outro palmeirense no time titular.

VASCO E FLAMENGO: PODER DE FOGO

Lincoln, do Flamengo, e Paulinho, do Vasco, são duas das maiores esperanças de gols da seleção brasileira contra a temida Inglaterra, tida como favorita ao título mundial - é a atual vice-campeã da Eurocopa Sub-17.

O atacante rubro-negro, que só completará 17 anos em dezembro, balançou a rede nos três jogos da primeira fase: vitórias contra Niger, Coréia do Norte e a poderosa Espanha, atual campeã da Europa. Contra a Alemanha, nas quartas, Lincoln teve participação crucial no gol de empate ao fazer o pivô para Alanzinho servir Weverson.

Paulinho, por sua vez, é uma referência para o restante do time. Na ausência de Vinícius Jr., o atacante do Vasco é o jogador desta seleção sub-17 com maior bagagem no futebol profissional: já disputou 11 jogos no Brasileiro deste ano. Com dois gols marcados, tornou-se o primeiro jogador nascido em 2000 a balançar a rede em um jogo de Série A.

No Mundial Sub-17, Paulinho vem chamando a responsabilidade em momentos críticos. De seus três gols, dois foram marcados contra Espanha e Alemanha, ambos desempatando o placar e decretando vitórias de virada da seleção brasileira.

Outro representante do futebol carioca nesta seleção é o lateral-direito Wesley, do Flamengo, que já tem uma assistência no torneio. Há ainda o goleiro Lucão, do Vasco, reserva de Gabriel Brazão, do Cruzeiro, que só foi vazado duas vezes em cinco jogos, e ambas em lances atípicos: um gol contra - de Wesley - e outro de pênalti.

Time-base: Gabriel Brazão (Cruzeiro), Wesley (Flamengo), Vitão (Palmeiras), Lucas Halter (Atlético-PR) e Weverson (São Paulo); Victor Bobsin (Grêmio), Marcos Antônio (Atlético-PR) e Alanzinho (Palmeiras); Paulinho (Vasco), Brenner (São Paulo) e Lincoln (Flamengo).

Reservas utilizados: Matheus Stockl (Atlético-MG), Rodrigo Guth (Coritiba), Luan Cândido (Palmeiras), Rodrigo Nestor (São Paulo), Vitinho (Corinthians), Hélio Junio (São Paulo), Yuri Alberto (Santos).

Fonte: https://oglobo.globo.com/esportes/flamengo-vasco-mais-saiba-de-onde-sao-os-destaques-da-selecao-sub-17-21986235

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.