Flamengo vê pressão desproporcional em Muralha e aposta em jovens campeões como opção

Flamengo vê pressão desproporcional em Muralha e aposta em jovens campeões como opção

Os memes, as críticas e até as falhas de Alex Muralha não tiram o sono da diretoria do Flamengo. O clube entende que o goleiro sofre uma carga desproporcional de torcedores, especialmente nas redes sociais. O planejamento é prestigiar o recém-convocado para a seleção brasileira e apostar em jovens campeões.

Thiago e Cesar

Thiago e César, os goleiros reservas, seguirão prestigiados e o clube não pensa, no momento, em contratar outro jogador para a posição. César, aliás, foi recentemente trazido de volta após empréstimo à Ferrovirária (SP) e está atrás na fila que tem Thiago. Muralha, por sua vez, resgatou o orgulho do Flamengo em ver um goleiro seu em seleção brasileiro, e tem apoio interno.

O preparador de goleiros, Vitor Hugo, é o responsável pelos treinamentos. Ele e os demais membros da comissão técnica não entendem que Muralha esteja em má fase, e usam para isso o retrospecto do time, que tem sofrido poucos gols. São 17 em 23 jogos em 2017.

No começo do ano, o goleiro Paulo Victor foi negociado com o futebol da Turquia. Desde que chegou, Muralha colocou pressão em PV e Zé Ricardo o promoveu a titular tão logo o antecessor se lesionou. Internamente no clube e entre torcedores, Muralha era visto como solução para o gol, tanto que foi contratado ao Figueirense com vínculo longo e preço alto.