| Futebol

Flamengo vence a Chapecoense

Com a força da Nação Rubro-Negra, equipe conquista os três pontos

Gabriel comemora gol com Cirino

Gabriel comemora gol com Cirino

O Flamengo conquistou os três pontos no Maracanã neste sábado, contra a Chapecoense. Em uma partida com o apoio da Nação Rubro-Negra, a equipe se impôs em campo. Agora, o time viaja para enfrentar o Coritiba e conta com o seu apoio. Seja sócio-torcedor e entre no time de Cristóvão Borges.

O jogo
O Flamengo começou impondo seu ritmo desde o primeiro minuto da partida. Marcelo Cirino logo cruzou uma bola com perigo, mas o goleiro Danilo rebateu. Nos dois lances seguintes, Eduardo participou de criação de jogadas para o gol, mas que não abriram o placar. A Chapecoense pouco ameaçou o gol do Flamengo e apenas aos 20 minutos chutou com Bruno Silva, em lance defendido com tranquilidade por Paulo Victor. A torcida presente ao estádio buscou empurrar a equipe para o gol.

Nos primeiros 45 minutos, Luiz Antônio, jogando de lateral-direito, criou várias oportunidades aproveitando os espaços deixados por Cirino. Aos 38, conseguiu tocar para o atacante, que desviou a bola com perigo no gol de Danilo. A arbitragem apitou o fim do primeiro tempo oito minutos depois. "Me sinto confortável. O professor falou para forçar o jogo pelos lados, o time deles é muito fechado. Vamos continuar no segundo tempo, colocar a bola na área e fazer um gol", declarou Luiz Antônio na saída para o intervalo.

Durante o segundo tempo, a equipe voltou melhor. Com vários jogadores entrando na área e criando oportunidades. Aos cinco e aos seis, Cirino finalizou com perigo mas não conseguiu marcar. Dez minutos depois, Apodi dividiu com Gabriel pelo alto na área, mas a arbitragem não marcou pênalti. Aos 17, Marcelo Cirino arrancou em velocidade e foi derrubado por Vilson, na entrada da pequena área. O zagueiro da Chapecoense recebeu o vermelho pela falta.

Apenas dois minutos depois, o gol. Em bola levantada na área, Danilo espalmou com dificuldade e a bola veio na direção de Gabriel. De primeira, o meia chutou na direção do gol e abriu o placar. O autor do gol saiu aos 28 aplaudido pela torcida, para a entrada de Paulinho. Na sequência, o técnico Cristóvão Borges colocou Frauches e Samir, no lugar de Jonas e Samir. O Rubro-Negro manteve o resultado e agora volta as suas forças para o jogo no Couto Pereira.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/21342/flamengo-vence-a-chapecoense

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.