| Futebol

Flamengo vence clássico polêmico e pressiona líder Palmeiras

flameng - Flamengo vence clássico polêmico e pressiona líder Palmeiras
Jogadores do Flamengo comemoram o segundo gol da equipe, que deu a vitória por 2 a 1 no clássico Fla-Flu (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo quebrou um jejum na atual temporada e derrotou o Fluminense por 2 a 1, em partida disputada na noite desta quinta-feira, no estádio Raulino de Oliveira. Beneficiado pelo tropeço do Palmeiras diante do Cruzeiro, o Rubro-Negro da Gávea chegou aos 60 pontos, apenas um a menos do que a equipe paulista.

O Fluminense segue com 46 pontos ganhos e ocupa a sexta posição na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Foi a primeira vitória do Flamengo em clássicos regionais disputados em 2016. Leandro Damião e Fernandinho marcaram para o Flamengo, enquanto Marcos Junior descontou para o Fluminense.

O jogo foi equilibrado, mas o Flamengo se mostrou mais objetivo na definição das jogadas e aproveitou as chances para construir a vitória. A partida foi marcada por grande confusão no final do segundo tempo. O Fluminense marcou o gol que seria o do empate e o lance foi anulado por impedimento de Henrique e depois confirmado, o que gerou invasão de campo por jogadores dos dois times. Depois da paralisação durante oito minutos, o árbitro voltou atrás e anulou o gol do Fluminense, mantendo a vantagem rubro-negra.

Na próxima rodada, o Fluminense vai enfrentar o São Paulo, em Edson Passos. O Flamengo vai visitar o Internacional, no Beira-Rio

O jogo – O Fluminense começou a partida com uma jogada de grande perigo. Richarlison recebeu na entrada da área, evitou a marcação e chutou rasteiro. A bola passou muito perto da trave esquerda de Alex Muralha. O Flamengo respondeu na jogada seguinte. Willian Arão lançou Diego que tocou para a entrada de Leandro Damião, mas o zagueiro Gum conseguiu bloquear o atacante rubro-negro. Os dois times mostravam muita disposição ofensiva, mas o Flamengo se apresentava um pouco mais objetivo do que o adversário. Aos oito minutos, Fernandinho recebeu de Diego e errou o cruzamento quando Damião esperava livre na área.

Aos 11 minutos, o Flamengo marcou o primeiro gol. Diego bateu falta, Rever se chocou com o goleiro Julio Cesar e a bola sobrou para Leandro Damião. William Matheus tentou cortar, mas a bola acabou nas redes tricolores. Os tricolores reclamaram muito de falta no lance, mas a arbitragem confirmou o gol.

Depois de protestar inutilmente, o Fluminense partiu para buscar o gol do empate, adiantando seus jogadores de meio campo, mas o Flamengo conseguia bloquear com competência as investidas do adversário. Aos 18 minutos, Gustavo Scarpa cobrou falta e Cícero chegou atrasado para a cabeçada. O time dirigido por Zé Ricardo recuou sua marcação para tentar aproveitar os espaços deixados pelo Fluminense que precisava atacar para buscar a igualdade.

Aos 30 minutos, Wellington Silva ganhou na corrida de Fernandinho e cruzou. A zaga se atrapalhou e a bola acabou sobrando para Marcos Junior que bateu por cima, desperdiçando a chance. Os tricolores atacavam muito pela esquerda, setor onde Wellington levava grande vantagem sobre Pará, mas seus cruzamentos não eram aproveitados pelos companheiros.

Aos 44 minutos, o Flamengo desperdiçou uma chance incrível para ampliar. Diego bateu falta, Júlio César deu rebote e Leandro Damião, inteiramente livre na área, conseguiu mandar para fora. O segundo tempo começou com muita emoção. E, logo no primeiro minuto, o Fluminense marcou o gol do empate. Gustavo Scarpa cruzou, Cícero ajeitou de cabeça e Marcos Junior bateu para deixar tudo igual no marcador.

Surpreendido pelo gol relâmpago, o Flamengo demorou a esfriar a cabeça para se lançar, novamente, ao ataque. Enquanto isso o Fluminense, empolgado com o empate, tentava manter a pressão sobre o adversário.

Aos oito minutos, o Flamengo desempatou. Pará cruzou da direita, Wellington Silva falhou e Fernandinho, livre, teve calma para colocar a bola nas redes tricolores. Motivado pelo gol, o time da Gávea seguiu no ataque e, aos 11 minutos, Diego lançou para Leandro Damião que bateu para boa defesa de Júlio César.

Aos 13 minutos, um lance bizarro na área tricolor. O lateral William Matheus recuou para o goleiro Júlio César que falhou ao tentar dominar. Para alívio da torcida do Tricolor das Laranjeiras, a bola foi para fora.

Depois de um início alucinante no segundo tempo, o time dirigido por Levir Culpi sentiu muito o segundo gol e não conseguiu retomar o bom futebol. Para tentar mudar a situação, Levir Culpi decidiu colocar o meia Marquinho e o atacante Magno Alves nas vagas de Pierre e Marcos Junior. O Fluminense passou a atuar sem um cabeça-de-área tradicional, com Cícero e Marquinho se revezando na proteção aos zagueiros.

Aos 32 minutos, Wellington foi lançado pela esquerda e cruzou para a entrada de Gustavo Scarpa, mas o meia tricolor bateu para fora. Mais preocupado em manter a vantagem, o Flamengo pouco se arriscava no ataque.

Aos 39 minutos, uma grande confusão tomou conta do gramado. Gustavo Scarpa cobrou falta da esquerda e, o zagueiro Henrique cabeceou para empatar. O lance chegou a ser invalidado depois que o assistente marcou impedimento, mas depois de conversa com o árbitro, o gol foi confirmado. Depois da confirmação, o time rubro-negra cercou a arbitragem para reclamar de irregularidade no lance.  Até os reservas entraram para protestar e a PM precisou entrar em campo para proteger o trio de arbitragem.

O jogo ficou interrompido durante oito minutos até que o juiz decidiu mudar novamente de posição e invalidou o gol, gerando revolta entre os tricolores.

Nos acréscimos, o Fluminense quase marcou o gol do empate, mas o goleiro Alex Muralha salvou o Flamengo com grande defesa em desvio de Wellington Silva, após chute de Wellington.

FICHA TÉCNICA FLUMINENSE-RJ 1 X 2 FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ) Data: 13 de outubro de 2016 (Quinta-feira) Horário: 21h(de Brasília) Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-SC) Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) Público: 9008 pagantes Cartão Amarelo: Wellington Silva, Gustavo Scarpa(Flu); Alan Patrick, Jorge, Marcelo Cirino(Fla) Gols; FLUMINENSE: Marcos Junior, a um minuto do segundo tempo FLAMENGO: Leandro Damião, aos 11 minutos do primeiro tempo e Fernandinho, aos oito minutos do segundo tempo

FLUMINENSE: Júlio César, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre(Marquinho), Cícero, Gustavo Scarpa e Wellington; Marcos Junior(Magno Alves) e Richarlison Técnico: Levir Culpi

FLAMENGO: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick(Everton) e Diego; Leandro Damião(Emerson Sheik)e Fernandinho(Marcelo Cirino) Técnico: Zé Ricardo

Fonte: http://www.gazetaesportiva.com/campeonato-brasileiro-serie-a/flamengo-vence-classico-polemico-e-pressiona-lider-palmeiras/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.