| Futebol

Flamengo x Fluminense

Alan Patrick

Mais um Fla x Flu, estamos embalando, o torcedor está muito mais animado, já venderam muitos ingressos, sintomas de casa cheia, a 'magnética' como sempre em muito maior número. O time já escalado, volta do Pará a lateral direita, ainda sem o excelente Jorge servindo a 'cafetina' CBF e seus asseclas, sem Guerrero e sem Ederson. Paulo Vitor, Pará, Wallace, Samir e Armero, M.Araújo, Canteros , Alan Patrick e Everton, Emerson Sheik e Kayke. Com 32 pontos ganhos, a 5 do cobiçado G 4 , um empate neste jogo não seria um péssimo resultado na estratégia de se chegar a Libertadores, mas uma vitória sempre será o ideal. Os matemáticos midiáticos afirmam que temos 14 % de chances para o G 4 , certamente há duas semanas atrás, tínhamos muito menos....A arbitragem principalmente neste brasileirão preocupa, temos sido vítimas delas, vitimas preferenciais, desde o início do campeonato somos prejudicados constantemente, já o líder Corinthians está sendo sempre beneficiado, coincidências, teorias da conspiração ??? Não se sabe, mas o certo é que este campeonato anda sendo manchado por situações recorrentes de arbitragens a cada rodada. 

Alguns jogadores nos últimos jogos vêm subindo de produção, o Canteros parece que acordou daquela letargia que o acometeu desde o início da temporada, dedo do treinador Osvaldo de Oliveira? Provavelmente.... O sempre criticado M.Araújo tem jogado  bem, o Alan Patrick sobe de produção a cada jogo, sendo hoje, um jogador imprescindível no nosso esquema de jogo, o incansável Sheik, O Samir recuperando a forma e dando uma maior consistência ao nosso sistema defensivo, o Kayke que contra o Avaí foi muito bem, marcando dois gols e nos dando mostras que poderá ser uma boa sombra para o Guerrero, o Armero para quem vinha de parado também não comprometeu,  e participou das jogadas de dois gols rubro-negros....

Vamos para o jogo no embalo da 'magnética' ,com o otimismo que nos caracteriza, vamos naquela máxima de que : Deixou chegar??? PHUDEU!!!!!

 

Alan Patrick

Esse chegou desacreditado, porém, está vencendo. Confessamos que não levávamos muita fé neste jogador, sabíamos dele mais de nome, mas tínhamos conhecimento de sua trajetória. Depois do início promissor no Santos, foi parar no Shakhtar da Ucrânia , lá não se  adaptou e veio pro Inter de Porto Alegre, no time colorado foi reserva de D'Alessandro, emprestado ao Palmeiras  passou um tempo no Departamento Médico e  outro na reserva. Cheio de desconfianças desembarcou no Rubro-Negro, um time que pesa, uma camisa de muitas toneladas, uma torcida que exige e que muitos sucumbem. Pois bem, hoje o Alan Patrick é uma unanimidade entre nós torcedores, um dos jogadores mais importantes do time, faz muita falta quando não joga. Menos mal que observamos que o Flamengo começa a envidar esforços por sua permanência. Aproveitando a nossa boa relação com os homens do time ucraniano, nossa direção está negociando a continuidade do ótimo jogador, desde já, sem repetir os erros de um passado recente. O jogador já declarou que quer ficar, se adaptou bem ao modo de ser flamengo, está de bem com o seu momento na carreira, quer fazer história positiva no clube. Alan Patrick, um achado num ano de tantas apostas que nos decepcionaram...

 

 Histórias Rubro-Negras

Bichado, bichado!!!! Gritava a plenos pulmões a torcida tricolor.... Naquela semana que antecedeu a este jogo, o ex presidente do Flamengo Antonio Augusto Dunches de Abrantes afirmará que Zico estava bichado, afinal o 'galinho' vinha de algum tempo parado, depois de mais uma cirurgia, ainda por conta da entrada criminosa do obscuro jogador do Bangu Márcio Nunes em meados de 1985. Primeiro jogo da temporada de 1986, estréia de Sócrates com a camisa do Flamengo e também primeiro encontro do Campeonato Estadual daquele ano. Um domingo ensolarado naquele 16 de fevereiro. 

Começa o jogo, o Flamengo já domina logo nos primeiros minutos, aos 10 minutos Zico dá uma metida de bola colocando Bebeto na 'cara do gol', num último esforço, um zagueiro do Flu consegue cortar antes do toque final, porém a bola sobra na esquerda pra Adílio, que milimetricamente a coloca na cabeça de Zico, este fuzila a meta tricolor, Flamengo 1 x 0. Mais jogadas do Flamengo, mais chances, o Flamengo está próximo de aumentar o placar, porém, numa bola esticada na esquerda para Leomir, Jorginho lhe aplica uma 'tesoura' dentro de nossa área, pênalti que o próprio Leomir converte aos 44 minutos do primeiro tempo. “Começa o segundo tempo, o nosso domínio continua, Zico esta numa tarde iluminada, faz de tudo em campo, manda uma bola na trave em cobrança de falta, o Flamengo está prestes a desempatar o jogo, Nova falta na entrada da área dos ‘fugitivos da Série B”, Zico com uma arte de um quadro de Michelangelo, coloca a bola na última 'gaveta' do goleiro Paulo Vitor, que nem esboçou gesto de defesa, Flamengo 2 x 1. Zico continua ungido, faz e acontece dentro do campo, aos 31 minutos lança Andrade pela direita, este vislumbra Bebeto correndo pra área e lhe estica um belo passe, o baiano não vacila e bola nas redes tricolores. A 'magnética' explode de alegria, um carnaval que faz no maraca. Mas, ainda teria mais, aos 35 minutos Zico é calçado dentro da área, bola na marca da cal, bola outra vez no fundo das redes tricolores, Flamengo 4 x 1 Fluminense. Zico quer mais, continua exibindo o seu extraordinário futebol ,todavia,  o jogo chega ao seu final, nossa Nação canta alegre no outrora maior do mundo. Para a torcida tricolor resta o aplauso de reconhecimento a Zico, um momento ÚNICO. Os tricolores se rendem a nosso Rei ArthurZICO.!!!! Neste inesquecível jogo formamos com Cantarelli, Jorginho, Leandro, Mozer e Adalberto, Andrade , Sócrates e ZICO, Bebeto, Chiquinho e Adílio para um público pagante de 84 303 expectadores...

SRN


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.