Foco à frente! Fla começa Taça Rio esboçando estreia na Libertadores

Foco à frente! Fla começa Taça Rio esboçando estreia na Libertadores

Se o jogo do Flamengo fosse uma foto, o confronto contra o Madureira estaria meio embaçado, uma vez que o foco estaria daqui a uma semana, no duelo com o River Plate (ARG), estreia na Libertadores. Desta forma, esse pontapé inicial na Taça Rio ganhou ares de preparação para a competição sul-americana, podendo, inclusive, ter um esboço do time. A partida contra o Tricolor suburbano acontece às 19h30, no Estádio Nilton Santos, e terá transmissão em Tempo Real pelo site do LANCE!

Para esta partida, a tendência é que o técnico Paulo César Carpegiani faça algumas alterações visando a Libertadores. Há a chance de Diego Alves, que teve uma fratura na clavícula em novembro, volte à equipe. À frente da zaga, chance de entrar Jonas na vaga de Cuellar, que está suspenso dos dois primeiros duelos da Libertadores devido à expulsão na final da Copa Sul-Americana do ano passado. O lateral-direito Rodinei também tem sido testado no lugar de Pará - essa substituição, inclusive, foi feita na final da Taça Guanabara, contra o Boavista.

Carpegiani não esconde que o jogo com o Madureira e Fluminense vão servir para finalizar as observações necessárias para enfrentar o River, mas ressalta a importância desses dois confrontos para a continuidade da campanha no Carioca.

- Tenho que ver nos próximos jogos. Tenho visto o River, que é forte e competitivo. Não está bem no campeonato (argentino), mas vi alguns jogos e não vamos nos enganar. Tem muita tradição. Vamos ter dois jogos importantes - disse ele, que completou ressaltando que o time ainda precisa evoluir para a Libertadores:

- Quero que meus jogadores evoluam. Temos que ser mais competitivos. Estou tentando usar o que há de melhor que o Flamengo tem. Temos de evoluir mais. Os adversários serão mais exigentes, a chave (na Libertadores) é bastante difícil.

Usando para testes ou não, o Flamengo também entra buscando a vitória sobre o Madureira para que a Taça Rio comece de vento em popa, principalmente após a conquista da Taça Guanabara, e possa aumentar ainda mais a empolgação para a Libertadores. Porém, um resultado não favorável não representará muita coisa pelos lados da Gávea.