O goleiro Diego Alves será submetido nesta terça-feira a novos exames de Covid-19,  mesma data em que o elenco embarca para os jogos contra Independiente Del Valle e Barcelona,

Dez dias depois de testar positivo, o atleta vai ser examinado novamente  para saber se pode retomar os treinamentos no Ninho do Urubu.

O jogador ficou fora da viagem ao Equador pois não teria condições físicas de entrar em campo, devido a uma lesão no ombro esquerdo, com prazo previsto de retorno de duas a três semanas.

Diego Alves precisaria de uma semana para reabilitar os movimentos do ombro e fortalecer a musculatura, para que esteja apto para os traumas, como o impacto nas quedas e defesas de chutes.

A lesão parcial é considerada mais leve, sem a necessidade de cirurgia, e o tratamento é conservador. Para isso, o goleiro recebeu equipamentos do CT em sua casa, onde esteve isolado. Profissionais do clube o orientam à distância para um tratamento em dois períodos.

Depois de recuperar a lesão, Diego Alves precisaria de tempo para voltar a sua melhor a forma física e técnica, o que só será possível com a liberação da quarentena. Isso se o exame que for repetido nesta data der negativo para Covid-19.