“FORA ZÉ RICARDO”

“FORA ZÉ RICARDO”

Não, amigos, eu não mudei radicalmente de opinião, como sugere o título. Apenas estou interpretando, de outra forma, algo que ouço com uma frequência maior do que considero justa.

Pois, Fora Zé Ricardo, qual técnico transformaria, TÃO rapidamente, um BANDO, treinado por um Medalhão do mercado, em uma equipe com padrão de jogo e estilo próprio?
Fora Zé Ricardo, que treinador teria CORAGEM, PERSONALIDADE e CONVICÇÃO bastante, para tirar seu principal jogador, depois de ter um expulso ainda no primeiro tempo, na casa do seu principal adversário na competição?

Fora Zé Ricardo, que outro treinador atualmente tem tanta identificação com o Flamengo?
Fora Zé Ricardo, qual outro treinador conhece tão bem os garotos da nossa base?
Fora Zé Ricardo, que outro treinador aceitaria trabalhar sob tamanha pressão, com um dos menores salários dentre os profissionais das 12 principais equipes do país?
Fora Zé Ricardo, que outro treinador está invicto em território nacional?

Fora Zé Ricardo, qual treinador teria (novamente) a CORAGEM, PERSONALIDADE e CONVICÇÃO, para escalar dois laterais esquerdos em um jogo DECISIVO da Libertadores, diante de 60 mil rubronegros? Porque é preciso MUITO desses três predicados, viu?
Pra terminar, Fora Zé Ricardo, que outro treinador é LÍDER de seu grupo na Libertadores e está na FINAL do seu Estadual?

Não é o melhor do mundo, vai cometer erros (como TODOS os outros), certamente não vai ficar aqui pra sempre, evidentemente ainda lhe falta experiência, mas, diante de tudo exposto acima, acredito que, NO MÍNIMO, nosso treinador merece respeito e confiança da nossa parte. Até mesmo por ter alcançado TUDO que foi planejado até aqui.

Começa a testar nossa equipe com três volantes (e já tem gente o criticando por isso), pois o Conca está próximo de entrar e NÃO HÁ como imaginar a equipe jogando com Conca, Diego e Guerrero, sem uma boa proteção por trás.

Se o time ainda não está jogando tudo que sabemos que pode, precisamos dar o desconto dos testes que foram realizados no período. Rodamos o elenco praticamente inteiro, no sentido de dar ritmo ao maior número possível de jogadores, esperando que estejam prontos quando solicitados. A temporada é longa, desgastante e, estejam certos, pelos mais diversos motivos, vamos precisar da maioria deles ao longo do ano.

Tô nervoso por causa do jogo? TÔ! PRA CACETE!
Em 2017 os caras venceram cinco, empataram seis, além de não perderem lá há sete meses.
O grande problema deles é que vão enfrentar o ÚNICO invicto no país. E esse é o motivo do meu nervosismo. Não o medo da derrota.

Meu estado de nervos se explica pela expectativa de uma vitória, que representará 99% de uma classificação garantida. Fora isso, a definitiva afirmação de uma equipe, disposta a provar que é capaz de superar a ausência de seu principal jogador, calando mídia e demais descrentes.

Nossa forma de jogar é conhecida? ÓTIMO! Isso significa que temos uma, o que já é louvável. E, pelas estatísticas, vem sendo eficiente, não é mesmo?
Temos time pra vencer, treinador pra vencer e forma de jogar pra vencer, em qualquer tipo de grama. E, se entrarmos hoje com a seriedade e dedicação que se deve ter em jogos de Libertadores, temos MUITAS chances de vencer.

Para quem, como eu, está nervoso, um consolo. O lado de lá deve estar MUITO MAIS do que nós.

PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!

Mudança no sistema de comentários
Não é mais necessário fazer login no site Flamengo RJ para comentar. Agora você precisa entrar no sistema de comentário abaixo com uma das opções de login disponível.