| Futebol

Gabriel marca dois, deixa Fla muito longe da confusão e tira Inter do G-4

Rubro-Negro chega aos 40 pontos, enquanto Inter deixa o grupo de times que avança à Libertadores 2015

O Flamengo está cada vez mais longe da confusão. Atuou de forma segura, não deu sustos em sua torcida e, apoiado num jogo coletivo muito eficaz, venceu por 2 a 0 o Internacional e chegou aos 40 pontos. Gabriel marcou os dois gols no Maracanã. O Inter, estagnado nos 50 pontos, saiu do G-4.

Flamengo e Internacional voltam a campo na mesma data e horário: sábado, às 21h (de Brasília). Em Manaus, o Rubro-Negro faz o clássico com o Botafogo, enquanto o Colorado recebe o Bahia no Beira-Rio.

Gabriel e Nixon, comemoração do Flamengo contra o Internacional (Foto: Andre Durão)Gabriel e Nixon comemoram o primeiro gol do Flamengo no Maracanã (Foto: Andre Durão)

 

Flamengo levemente melhor

O primeiro tempo não foi muito rico em emoções, e o Flamengo teve sutil superioridade. Em finalizações relevantes, uma para cada lado. No total, 4 a 1 para os cariocas. O Inter chegou primeiro. Aos 10 minutos, linda tabela de Alan Patrick e Nilmar terminou em grande defesa de Paulo Victor. Gabriel respondeu aos 17, com chutaço de fora da área. Alisson, de mão trocada, botou para escanteio. A melhor jogada coletiva da primeira etapa ocorreu aos 45: Léo Moura lançou por elevação Canteros. Do argentino para Gabriel, que rolou na entrada da área. Márcio Araújo apareceu chapando, mas a bola parou na defesa colorada.

Jogo coletivo dá vitória ao Flamengo

A boa troca de passes feita no fim dos 45 minutos iniciais inspirou o Rubro-Negro para o segundo tempo. Logo aos oito, Gabriel surgiu pela direita, deu em Léo Moura, que devolveu de calcanhar. O camisa 17 achou Eduardo da Silva com lindo passe, mas o croata, livre, demorou demais a tomar uma decisão e finalizou fraco. No rebote, Everton perdeu. Aos 24, novamente a coletividade rubro-negra prevaleceu, mas desta vez resultou em gol. Canteros iniciou a jogada com uma cavada para Elton, que raspou de cabeça. Nixon disparou em velocidade e cruzou de três dedos para Gabriel, que vinha muito bem, balançar a rede.

No fim do jogo, o Internacional já totalmente lançado ao ataque em busca do empate, cedia muitos contra-ataques ao adversário. Aos 45, o Flamengo aproveitou. Canteros disparou pela direita e cruzou. Léo Moura chutou na defesa, e Gabriel, no rebote, encheu o pé e fechou o placar. A confusão está praticamente descartada na Gávea.

 

 

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.