GE: “45 mil em um: a primeira vez de Marquinhos define o treino aberto do Fla”

GE: “45 mil em um: a primeira vez de Marquinhos define o treino aberto do Fla”

Muito prazer, meu primeiro amor”. Marquinhos não conseguia sequer abrir a boca, mas esta poderiam ser as primeiras palavras ao Flamengo. A paixão estava ali fazia tempo, no peito, na mente, nas lágrimas. O treino aberto da tarde de terça-feira, porém, permitiu o primeiro encontro, a primeira vez do garoto de 13 anos que até então só via o mundo em vermelho e preto em seu imaginário.

Entre os quase 50 mil que se aproveitaram da troca dos ingressos inflacionados por um quilo de alimento para apoiar o Flamengo em véspera de partidas de Libertadores, Marquinhos se destacou. Ou melhor, viralizou. As lágrimas ao garantir o derradeiro ingresso do ponto de troca em Caxias se espalharam pela internet e o transformaram em “celebridade instantânea” (expressão do momento). Logo ele, que só queria conferir de perto dos motivos daquela paixão tão arrebatadora.

As lágrimas da imagem que circulou pelas redes sociais se repetiram ao chegar nos arredores do Maraca:

A emoção é muito grande – limitava-se a dizer entre soluços e limpando o rosto.

Os milhares que compartilhavam da mesma sensação, porém, respondiam com sorrisos e pedidos de fotos. Ele já não era mais um. Era o símbolo de uma torcida que transformou um treino em bandeira para rebater os altos preços de ingressos da atual gestão.