GE: “Fifa oficializa mudanças no futebol, que incluem até mordida como falta”

GE: “Fifa oficializa mudanças no futebol, que incluem até mordida como falta”

A International Board (Ifab), órgão que estipula as regras do futebol, publicou nesta terça-feira as alterações aprovadas em março pela entidade e confirmadas pela Fifa. Dentre as modificações, estão a previsão do uso do árbitro de vídeo (VAR) no jogo, a permissão à quarta substituição na prorrogação, mudança da lei do impedimento e até a inclusão da mordida como falta e, portanto, punida com tiro livre direto. O novo texto passa a valer a partir de junho.

A mordida foi encaixada na Regra 12, que diz respeito a “faltas e conduta incorreta”. O novo texto afirma que:

  • Se concederá um tiro livre direto se um jogador comete uma das seguintes infrações: morder ou cuspir alguém.

A punição para tal atitude será cartão vermelho direto. Autor da mordida mais famosa em um jogo de futebol, Suárez sequer foi punido quando mordeu Chiellini, na vitória do Uruguai sobre a Itália na Copa do Mundo de 2014.

Outra importante mudança na regra é sobre o impedimento. A Regra 11, que regula o item, ganhou um texto adicional, que prevê que a análise do lance deve ser feita no exato instante em que o autor do passe toca a bola, não quando a bola sai do pé de quem a tocou.