GE: “Fla para todos: treino aberto reconecta time e torcida na véspera da Libertadores”

GE: “Fla para todos: treino aberto reconecta time e torcida na véspera da Libertadores”

Hoje é dia de vestir o manto, ir ao Maracanã, apoiar o Flamengo e fazer as pazes com o time. Será apenas um treino, mas a mobilização é de jogo. A torcida comprou a ideia da ação do clube e vai prestigiar em peso, a partir de 15h, a última atividade antes do jogo contra o Santa Fe, pela fase de grupos da Libertadores.

O treino aberto será o “maior público” do Flamengo no ano: 40 mil ingressos foram trocados antecipadamente – o limite acordado com os órgãos de segurança é de 49.995 presentes ao treino. Os setores Norte e Leste Inferior estão esgotados. Em 2018, o jogo com maior mobilização do time foi contra o Botafogo, no Maracanã, com 31.888 presentes e 28.345 pagantes. A partida contra o Santa Fe, na quarta, será a última com portões fechados por conta de punição da Conmebol.

Reencontro com a torcida

Para o Flamengo, é a oportunidade de reaproximação com seus torcedores. A relação anda estremecida desde a eliminação para o Botafogo, há quase três semanas, na semifinal do Campeonato Carioca. Foi o último jogo do Rubro-Negro no Rio de Janeiro, que terminou com gritos de “time sem vergonha”.

As críticas, no entanto, devem dar uma trégua. Nas redes sociais há uma mobilização para quem for ao treino apenas incentivar.

– O torcedor vai comparecer para passar essa energia positiva, que é importante para nós. Não podemos contar com a ajuda deles (no jogo), mas vão estar com a gente no pensamento e na alma. Espero que seja uma terça-feira bonita de treinamento – disse o goleiro Diego Alves.