| Futebol

Geração Campeã! Flamengo derrota o Vasco por 3 a 1 e conquista pela nona vez o Torneio Otávio Pinto Guimarães

Equipe Sub-20 confirma superioridade técnica demonstrada durante toda a competição e abre ainda mais vantagem como a maior campeã da história da competição

flameng - Geração Campeã! Flamengo derrota o Vasco por 3 a 1 e conquista pela nona vez o Torneio Otávio Pinto Guimarães

Foto: Gilvan de Souza

A temporada que começou com o título da Copa São Paulo, chega perto do fim com mais uma conquista. Na tarde desta sexta-feira, dia 04.11, a equipe Sub-20 do Flamengo demonstrou um futebol de altíssima qualidade técnica e tática, derrotou o Vasco por 3 a 1 (Daniel [2] e Jean Lucas) em São Januário, e sagrou-se mais uma vez campeã do tradicional Torneio Otávio Pinto Guimarães, mesmo jogando na casa do adversário.

Dono do melhor ataque, melhor defesa, melhor campanha e ainda com o artilheiro isolado da competição (Daniel dos Anjos, com 11 gols em dez jogos), o Mais Querido provou que o título não veio por acaso. Melhor em campo durante os 180 minutos dos dois jogos decisivos, o Rubro-Negro não se intimidou por jogar a final na casa do adversário e dominou amplamente o jogo, sendo cirúrgico e mortal nos dois principais lances do primeiro tempo. Aos 25 minutos, Matheus Sávio foi inteligente ao se aproveitar do gramado molhado e fazer a bola quicar na frente do goleiro em cobrança de falta. No rebote, o centroavante Daniel dos Anjos, bem colocado como sempre, chegou na frente dos zagueiros e empurrou para o fundo da rede. Logo no lance seguinte Igor podia ter ampliado o placar, mas sua cabeçada explodiu no travessão. 

Aos 36 minutos, os jogadores vascaínos reclamaram de pênalti em um lance na área do Flamengo e se esqueceram do jogo. O Flamengo foi inteligente e em um contra-ataque de almanaque, Jean Lucas tocou de chapa, no canto esquerdo do goleiro, e abriu 2 a 0 para o Rubro-Negro, que ficou à vontade no jogo e levou a boa vantagem para o vestiário. Naquele momento, com uma equipe muito equilibrada em campo e uma defesa que passava uma segurança fora do comum ao time, a impressão era que só uma tragédia tiraria o título da sala de troféus da Gávea. E ela passou longe de acontecer. O Vasco diminuiu com Lohran e pressionou em busca da virada que levaria o jogo para os pênaltis, mas aos 42 Matheus Sávio fez uma linda jogada individual, tocou de calcanhar para Gabriel Ramos, que rolou para Daniel dos Anjos fazer o gol do título do Flamengo.


"Esse é um momento mágico. Ano passado, fui convocado para disputar o mundial pela seleção brasileira e achei que aquele seria o momento mais especial da minha vida. Hoje, vejo que eu estava errado. Estou feliz demais, ser campeão pelo Flamengo é algo inexplicável. Toda a nossa equipe está de parabéns, e gostaria de fazer um agradecimento especial ao Nielsen, nosso treinador de goleiros. Agora é só comemorar, esse título é mais do que merecido para todos nós", disse Gabriel Batista, o melhor goleiro da competição.

A maior representação do nível de maturidade alcançado por toda a equipe, principalmente na reta final da competição, foi a liderança exercida pelo camisa 10 Matheus Sávio.¬¬ Após treinar na equipe profissional durante boa parte do ano e ser convocado ao lado de Felipe Vizeu e Lucas Paquetá para a seleção brasileira Sub-20 que recentemente foi campeã do quadrangular do Chile, o meia atendeu ao chamado do treinador Gilmar Popoca e comandou a equipe na reta final da OPG, dando ainda mais experiência e qualidade técnica ao time campeão da competição.

"Estou vivendo um grande momento na minha carreira. Estar no profissional do Flamengo e servir à seleção brasileira são sonhos que realizei e quero continuar realizando na minha vida, mas seguir conquistando mais títulos na base também é algo de muito valor para mim. Tivemos uma atuação exemplar, merecemos o placar e estou muito feliz com esse título, meu primeiro como capitão da equipe", disse Matheus Sávio.

Artilheiro da competição com uma impressionante média superior a um gol por jogo (11 gols em dez jogos), o centroavante Daniel dos Anjos marcou três dos quatro gols do Flamengo nos dois jogos finais, e mais uma vez mostrou sua importância e seu valor dentro da equipe.

"Meu sentimento nesse momento é de gratidão, a Deus e aos meus companheiros. Essa conquista fortalece todo mundo. A questão da artilharia é uma marca pessoal importante, mas que tenho consciência de que não teria sido alcançada sem a contribuição de todos do grupo. Quero agradecer a todos os jogadores, comissão técnica e diretoria por terem acreditado em mim. O gosto de ganhar um título pelo Flamengo é especial. Em cima do Vasco, nosso maior rival a quem tenho muito respeito, e dentro da casa deles, é maior ainda. Hoje é um dia especial na minha vida e na minha carreira", disse o artilheiro.




Extasiado e muito emocionado após o término do jogo, o treinador Gilmar Popoca, que havia sido campeão do OPG como jogador na década de 80, comemorava às lágrimas a conquista, agora como técnico, ao lado da sua família.

"Hoje é um dos dias mais felizes de toda a minha vida. Ter a chance de continuar vestindo esse Manto Sagrado, comandar esse grupo de meninos maravilhosos e muito talentosos e levantar essa taça acompanhado de minha esposa e de minha filha é algo que nem tenho palavras para explicar. Nós treinamos forte, nos entregamos e fizemos por merecer essa conquista. O título está em boas mãos. Agora vamos descansar e comemorar muito essa conquista, mas nossa torcida pode ter certeza de que agora o foco muda, e vamos nos preparar ainda melhor para a Copa RS e a Copa São Paulo", disse o treinador campeão Gilmar Popoca.

Agora a equipe terá alguns dias de descanso, e na quarta-feira se reapresenta no Ninho do Urubu para iniciar a preparação para a Copa RS, de 3 a 18 de dezembro, e a defesa do título da Copa São Paulo, a partir do dia 2 de janeiro de 2017. E a Nação Rubro-Negra pode ficar tranquila e ter a certeza de que, craque, o Flamengo continua fazendo em casa!

O Flamengo entrou em campo com Gabriel Batista, Klebinho, Dener, Igor e Michael, Artur Bonaldo, Jean Lucas, Gabriel Ramos (Lucas Silva), Gabriel Silva e Matheus Sávio (Fabrício), e Daniel.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/24449/geracao-campea-flamengo-derrota-o-vasco-por-3-a-1-e-conquista-pela-nona-vez-o-torneio-otavio-pinto-guimaraes

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.