Geuvânio não 'encaixa' e pode perder espaço no Fla com o retorno de Diego

Geuvânio não 'encaixa' e pode perder espaço no Fla com o retorno de Diego

A lesão de Diego deu a Geuvânio a tão esperada sequência entre os titulares do Flamengo. O atacante, no entanto, não conseguiu encaixar seu jogo pelo lado direito do ataque nas últimas três partidas. Em função disso, cabe ao treinador decidir se dará mais chances ao camisa 23 ou buscará uma nova solução.

No empate em 0 a 0 com a Ponte Preta, no Maracanã, a atuação do Flamengo não encheu os olhos dos mais de 55 mil torcedores presentes, mas a equipe teve bons momentos ofensivos e chegou à sexta partida sem sofrer gols.

A atuação de Geuvânio, por sua vez, foi abaixo dos companheiros. Alguns erros simples na hora de puxar contra-ataques promissores logo minou a relação do jogador com a torcida na quinta-feira. Quando foi substituído por Jean Lucas, aos 16 minutos da etapa final, o atacante deixou o campo sob muitas vaias.

De positivo, destaca-se a determinação do atacante em recuperar a bola nos lances perdidos. A característica é observada em outros atletas e é uma das cobranças feitas e trabalhadas por Maurício Barbieri no Ninho do Urubu.

Após a recuperação de Diego, a tendência é que o meia Everton Ribeiro volte para a faixa lateral do ataque, mas Barbieri tem outras opções, como Marlos Moreno, que ainda não ganhou uma sequência de jogos, nem mesmo saindo do banco. O treinador comentou a utilização de Everton Ribeiro pelos lados.

- Em alguns momentos ele tem atuado mais pelos lados. É um jogador que vem crescendo. Está em numa crescente, assim como toda a equipe. Não fizemos o jogo que esperávamos. Queríamos a vitória. Mas estamos numa crescente.