| Futebol

Goleada de respeito! Mengão massacra o Vasco por 6 a 1, é campeão carioca e termina temporada invicto no Sub-17

Placar agregado de 10 a 1 é inédito em finais da categoria. É festa rubro-negra na Gávea!

Virou rotina! Após vencer facilmente o Vasco por 4 a 0 na partida de ida da final da Taça Rio dentro de São Januário, o Flamengo recebeu o cruzmaltino na manhã desta quarta-feira (16.11), na Gávea, na partida de volta, e mais uma vez humilhou o adversário. Após um primeiro tempo equilibrado em que venceu por apenas 1 a 0, o Mais Querido passou o trator no segundo tempo, marcou quatro gols em 12 minutos e goleou de novo, dessa vez por impressionantes 6 a 1. O placar agregado de 10 a 1, inédito em finais da categoria no estado, deu ao Flamengo não só o título da Taça Rio, mas também do Campeonato Carioca sem a necessidade de disputa da final, já que o Rubro-Negro havia vencido também a Taça Guanabara. Além disso, a equipe Sub-17 do Flamengo termina a temporada de forma invicta, nas quatro competições que participou.

Seja sócio-torcedor e invista no futebol rubro-negro! Clique aqui e faça agora sua adesão por a partir de menos de R$1 por dia!

O início de jogo até deu a impressão de que dessa vez o Flamengo teria mais trabalho. O primeiro tempo foi equilibrado, com o Vasco chegando a ser superior em determinados momentos e tentando impor uma pressão na linha de zaga rubro-negra. Aos 35 minutos o Mais Querido colocou mais uma vez em prática a maior característica do time, que é a saída rápida em contra-ataque. Vinícius Junior cruzou, e na sobra o oportunista Bill apenas rolou para o gol vazio.

Veio o segundo tempo, e o Flamengo voltou a campo decidido a resolver o jogo. E o que se viu nos 15 primeiros minutos foi uma atuação de almanaque de toda a equipe. Vinícius Souza fez o segundo logo aos 2 minutos, Lincoln fez o terceiro logo em seguida, aos 5, e se tornou artilheiro isolado da competição com 20 gols. Aos 8, Vinícius Junior driblou todo o time vascaíno e só foi parado dentro da área. Ele mesmo cobrou o pênalti, com paradinha, para fazer 4 a 0. Aos 14, Wesley cobrou mais um pênalti, com categoria, e fez o quinto. A torcida já tinha ido à loucura e gritava olé a cada troca de passes do Mengão, quando Wesley cruzou a bola na cabeça do artilheiro Lincoln, que fez seu 21º gol na competição e estipulou o 6 a 0 no placar. Aos 29, pênalti para o Vasco. Hugo defendeu, mas no rebote Robinho tocou para fazer o gol de honra do Vasco.

"O que fizemos aqui hoje é algo inexplicável, assim como a sensação de fazer história no Flamengo, que é o maior clube do mundo. Poder representar milhões de pessoas que torcem por nós é um prazer enorme. É por eles que treinamos todos os dias, e agora chegou a hora de comemorarmos muito essa conquista", disse Vinícius Junior, eleito pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) o craque do campeonato.

"Todo o grupo, comissão técnica e diretoria estão de parabéns pelo ano maravilhoso que tivemos. Isso é fruto de muito trabalho e dedicação, de um grupo que é mais do que uma família para mim. Ganhar pelo Flamengo, derrotando o Vasco na final, é bom demais. Isso jamais teria sido possível sem a ajuda dos meus companheiros", disse Lincoln, artilheiro isolado da competição.

Thuler, zagueiro e capitão da equipe ao longo de toda a temporada, exaltou a união e comprometimento da equipe, e explicou porque esse resultado, apesar de incomum, não foi surpresa para os integrantes da equipe. "Esse título coroa a temporada incrível que fizemos. Não só dentro de campo mas, principalmente, nossa amizade e união fora dele. Todos se gostam, todos se ajudam e se apoiam, e fazer parte dessa família é bom demais. Todos esses fatores influenciaram diretamente essa conquista, e tenho certeza que essa temporada ficará marcada para toda a minha vida", revelou o capitão.

Por trás de uma grande equipe, tem sempre um grande treinador. Após a ida de Zé Ricardo para o profissional, Gilmar Popoca assumiu o Sub-20, e ficou para Marcinho a responsabilidade de assumir o comando da geração de ouro da equipe Sub-17. E ele mostrou que a qualidade no comando também é grande, e teve papel importantíssimo na conquista. "Foi uma temporada maravilhosa, em todos os sentidos. Nosso grupo de trabalho é sensacional. Estamos invictos há quase dois anos, e isso não é por acaso. Fomos eliminados da Copa do Brasil e da Taça BH nos pênaltis, sem perdermos nenhum jogo, e isso deixou todos nós com ainda mais vontade de vencer esse Carioca. Os jogadores foram brilhantes nesses dois jogos, contra nosso grande rival. Mas tanto em São Januário quanto hoje aqui na Gávea nossa atuação foi primordial, e não demos chances para eles sequer sonharem em nos derrotar. Quero agradecer a todo o grupo e também à nossa diretoria, que nos dá sempre as melhores condições de trabalho possíveis", finalizou o treinador Marcinho.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/24512/goleada-de-respeito-mengao-massacra-o-vasco-por-6-a-1-e-campeao-carioca-e-termina-temporada-invicto-no-sub-17

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.