| Futebol

Grupo do Fla celebra vitória contra integrante do G-4: "Dá confiança"

Com o 1 a 0 sobre o Corinthians, Rubro-Negro ganha após duas rodadas e abre oito pontos da zona do rebaixamento do Brasileirão

 

Quem ganha de um time do G-4 pode sonhar com algo a mais no Brasileirão? Para os jogadores do Flamengo, sim. Na saída do gramado do Maracanã, após o 1 a 0 sobre o Corinthians, na tarde deste domingo, os atletas celebraram o resultado diante de um “grande time”. Significa, porém, mais: a volta da confiança para, definitivamente, escapar do risco de rebaixamento. Afinal, após duas derrotas em sequência, o medo pairava sobre a Gávea.  

Chicão foi o primeiro a falar. Para o centroavante, a qualidade do Rubro-Negro foi comprovada com a vitória (veja melhores momentos acima):  

- A gente tem de voltar a fazer o que vínhamos fazendo. Poderíamos ter matado o jogo no pênalti (desperdiçado por Eduardo da Silva), mas acontece. Foi um grande jogo, eles brigam pelo G-4. Foi muito importante ganhar o jogo. A gente vinha jogando bem, mas perdemos para Grêmio e Goiás. Esta vitória dá confiança.

No começo da rodada, o Timão era o terceiro colocado. O Fla, com 28 pontos, abriu oito do Z-4 - número que pode cair para sete, caso Vitória ou Criciúma vençam seus jogos, que começam às 18h30m. É o atual décimo colocado. Também oito pontos atrás do G-4.  

wallace flamengo x corinthians (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)Jogadores do Flamengo comemoram gol de Wallace (Foto: Gilvan de Souza/Fla Imagem)


- Foi uma vitória importante contra um grande time, eles brigam pelo G-4. Provamos que temos qualidade para chegar. Com o apoio da torcida, somos fortes – completou Alecsandro.

O discurso se manteve. Léo Moura disse que o resultado foi merecido:

- A nossa equipe mereceu demais. Atacamos, buscamos a vitória. Temos de jogar como equipe, aproveitar os lados e ganhar. A gente não poderia sair daqui injustiçado como foi contra Grêmio e Goiás.

Para Eduardo da Silva, que atuou pela primeira vez por 90 minutos, a solidez defensiva foi a diferença.

- A vitória foi importante ao grupo. Jogamos bem contra um time muito bom. Eles estão no G-4. A gente não deixa o adversário ter mais de uma chance. Estou feliz por poder ter atuado 90 minutos pela primeira vez - analisou.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.