| Futebol

Grupos criticam apoio de presidentes de Conselhos a Bandeira de Mello

Recente aproximação entre mandatário do Flamengo e CBF gerou grande polêmica interna no clube. Clube era um dos mais críticos à entidada máxima do futebol brasileiro

flameng - Grupos criticam apoio de presidentes de Conselhos a Bandeira de Mello

A recente aproximação entre Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda dá o que falar no Rubro-Negro. Dois grupos políticos de oposição, o Fla+ e o FlaFut, publicaram um comunicado repudiando a nota assinada pelos presidentes do Conselho de Deliberativo, Rodrigo Dusnhee, e de Administração, Bernardo Amaral, onde a decisão do mandatário é defendida. Vale lembrar que o Flamengo era um dos clubes que mais criticava a CBF, sendo, inclusive, um dos idealizadores da Primeira Liga.

"Os ilustres presidentes dos referidos órgãos do Flamengo emitiram nota em nome dos conselhos que presidem como se expressassem a vontade e o apoio dos mesmos, numa clara confusão entre as atribuições dos Conselhos e dos Presidentes dos Conselhos", diz parte do comunicado.

Bandeira foi nomeado chefe de delegação da Seleção Brasileira para a Copa América Centenária, que será disputada nos Estados Unidos. O presidente do Flamengo esteve ao lado do técnico Dunga e de Gilmar Rinaldi durante a convocação, na última quinta-feira.

Diante do mal-estar gerado, Rodrigo Dunshee e Bernardo Amaral, presidentes dos conselhos Deliberativo e de Administração, respectivamente, publicaram uma nota oficial em apoio ao presidente.

Confira a nota do Fla+ e FlaFut

Os conselheiros do Conselho deliberativo e do Conselho de Administração do Flamengo, membros do FLA+ e do FLAFUT, vêm por meio da presente repudiar e esclarecer a nota emitida no dia 06/05/2016 pelo Presidente do Conselho Deliberativo Rodrigo Villaça Dunshee de Abranches e pelo Presidente do Conselho de Administração Bernardo Amaral do Amaral.

Os ilustres presidentes dos referidos órgãos do Flamengo emitiram nota em nome dos conselhos que presidem como se expressassem a vontade e o apoio dos mesmos, numa clara confusão entre as atribuições dos Conselhos e dos Presidentes dos Conselhos.

O art. 8º do Regimento interno do Conselho Deliberativo e o art. 9º do Regimento interno do Conselho de Administração estabelecem os poderes dos aludidos Presidentes, não estando inclusos nos mesmos manifestar posição dos órgãos sem ouvir seus plenários.

Os Presidentes dos Conselhos do Flamengo são os porta-voz dos mesmos, mas não os donos de sua vontade.

Os conselheiros membros do FLA+ e do FLAFUT não foram questionados sobre seu apoio ou repudia aos atos do Presidente do Flamengo e jamais concordaram ou mesmo votaram sobre a emissão de uma nota de apoio ao mesmo. Pelo contrário. Muitos destes manifestaram nas redes sociais seu repudio a atitude do Presidente do Flamengo, sendo extremamente contraditório a emissão de uma nota de apoio em seus nomes.

Assim, o FLA+ e o FLAFUT esclarecem que a aludida nota foi emitida e exprime a opinião tão somente dos Presidentes dos dois citados Conselhos e não dos conselhos em si, cabendo deixar registrado a repudia dos conselheiros membros do FLA+ e do FLAFUT para que tal situação não mais se repita.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/grupos-criticam-apoio-presidentes-conselhos-bandeira-mello.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.