| Futebol

Guerrero aprova dupla com Leandro Damião: “Me sinto mais à vontade”

Antes de ida para a seleção do Peru, atacante ressalta liberdade para movimentação, mas técnico explica que serão necessários mais treinos

flameng - Guerrero aprova dupla com Leandro Damião: “Me sinto mais à vontade”

A entrada de Leandro Damião no segundo tempo da partida contra a Chapecoense foi uma espécie de ensaio. Durante 30 minutos, ele e Guerrero formaram a dupla de ataque do Flamengo, no que pode se tornar algo definitivo ao longo da temporada. O gol marcado por Damião e a participação do peruano em duas jogadas decisivas da partida ajudam a reforçar a ideia, que já foi aprovada por Guerrero.

- Uma referência na frente como é o Damião me ajuda a me movimentar e ficar mais livre. Por isso me sinto mais à vontade - disse o camisa 9 à Rádio Globo após a partida.

Realmente o futebol de Guerrero cresceu com a entrada de Leandro Damião na partida. O peruano sofreu o pênalti após boa tabela com Mancuello, e seu companheiro de ataque marcou o segundo gol do Flamengo (assista ao vídeo). No final do jogo, ambos participaram da troca de passes que resultou no terceiro gol, marcado pelo argentino. Guerrero ainda teve duas chances seguidas de gol na segunda etapa.


No entanto, a partir desta segunda-feira, a dupla se separou. Guerrero está com a seleção do Peru para a disputa das eliminatórias da Copa do Mundo e fica fora até o próximo fim de semana. Assim, Leandro Damião será ao titular contra o Figueirense, nesta quarta, pela Copa Sul-Americana.

Zé Ricardo, que já tinha observado Guerrero e Damião juntos em treinamentos, aprovou a dupla na partida contra a Chapecoense. Mas deixou claro que vai trabalhar a ideia com calma.

- Nós já vínhamos imaginando uma formação com Paolo e Damião juntos. Quanto mais qualidade no campo, mais possibilidades você tem de vencer. Mas é uma estruturação de jogo diferente. Antes de tudo é preciso condicionar movimentos e posicionamento dos atletas. Mudar uma estrutura de jogo de um dia para o outro não é muito fácil, pelo menos eu penso assim. Primeiro estamos trabalhando como situação de jogo e depois, quem sabe, com uma sequência de treinos e jogos dando mais confiança, até podemos estabelecer isso para uma partida inteira. Mas a princípio estamos usando como uma alternativa, e deu certo. Pode ser que um dia não dê. Chegamos a usar isso cinco, 10 minutos contra o Sport e não conseguimos empatar a partida. Mas o fato é que contra a Chapecoense que deu certo - explicou o treinador.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/08/guerrero-aprova-dupla-com-leandro-damiao-me-sinto-mais-vontade.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.