Paolo Guerrero chegou ao Flamengo em meados de 2015. Naquele ano, seu desempenho foi bem abaixo do esperado (o time era mediano!). Em 2016, já com uma equipe mais qualificada, o futebol que ele havia demonstrado no Corinthians voltou a aparecer e o peruano terminou a temporada com 18 gols, marca que, juntamente com a de 2013 pelo Timão, é a melhor de sua carreira

Neste ano, com apenas um semestre, o camisa 9 já anotou 17 tentos. Ou seja, no clássico dos milhões deste sábado ele tem a oportunidade de igualar seus melhores números individuais. Para isso, Guerrero precisa marcar ao menos um gol contra o Vasco, algo que em oito jogos até agora com a camisa do Mengão, não aconteceu

Um dos fatores que tem ajudado o atacante a aumentar o número de bolas na rede em 2017 são os gols de falta. Inclusive, Guerrero marcou dessa forma na última vitória do time no campeonato, contra o São Paulo. Zé Ricardo afirmou o seguinte, segundo o LANCE!: "Pela estrela que ele e pela qualidade que tem, deixamos bem definido que as faltas perto da área, ele que bate. Se outro jogador se sentir bem confiante para bater ele não se opõe. Um dos cobradores oficiais é ele e esperamos que ele continue com o bom aproveitamento". 

O clássico acontece neste sábado, às 18h, em São Januário. O Flamengo luta para se aproximar do Corinthians, líder isolado. Já o Vasco entra em campo para se manter entre os seis primeiros, dentro da zona classificatória para a Libertadores. 

​​