Guerrero faz denúncia por vazamento de “informações confidenciais” durante julgamentos por doping

Guerrero faz denúncia por vazamento de “informações confidenciais” durante julgamentos por doping

Desde novembro de 2017, quando testou positivo no doping com a substância benzoilecgonina, o atacante Paolo Guerrero passou a ter vida conturbada com a justiça desportiva. Em maio deste ano, o jogador teve sua pena aumentada para 14 meses em decisão do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS). Agora, Guerrero fez denúncia por vazamento de informação no processo contra a Agência Mundial Antidoping (WADA).

De acordo com informação do jornal El Bocón, do Peru, o jogador do Flamengo entrou com ação contra os “responsáveis” por terceiros passarem a ter informações confidenciais durante a resolução de seu caso com as duas instâncias que o julgaram.

O jornalista Carlos Alberto Navarro, do Sucess, também publicou sobre o assunto: “José Paolo Guerrero Gonzáles, identificado com o DNI 42233984, denuncia e formaliza uma queixa criminal perante o juiz criminal correspondente, porque vazaram informações”.

Situação de Guerrero com o Flamengo

Com contrato válido até o dia 10 de agosto, Guerrero treina normalmente e está disponível para os próximos jogos do Mais Querido. Entretanto, o jogador passará por novo julgamento para saber se seguirá livre para realizar sua profissão, uma vez que sua atual liberação é por conta de efeito suspensivo, obtido na justiça comum da Suíça. Em meio a este cenário, a diretoria do Flamengo ainda não decidiu os moldes da proposta de renovação com o atleta, apesar de ter a intenção de mantê-lo até o fim da temporada.