| Futebol

Guerrero nega problemas com o seu posicionamento no time do Flamengo

flameng - Guerrero nega problemas com o seu posicionamento no time do Flamengo

Antes de defender o Peru na Copa América Centenário, Paolo Guerrero ainda defenderá o Flamengo contra o Fortaleza, n Copa do do Brasil, e Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro. Titular no Rubro-Negro, o atacante afirmou que atua de forma diferente sob o comando de Muricy Ramalho e Ricardo Gareca.

- Na seleção, tenho uma outra movimentação. Com Gareca, eu tenho mais liberdade para puxar as jogadas pelo lado. Normalmente jogamos com dois meias que vêm de atrás. Assim, posso fazer esta troca de posição e atuar como um meia com chegada na entrada da área adversária - explicou.

No Flamengo, o treinador ainda busca a formação ideal. As variações do 4-3-3 e 4-4-2, no entanto, não servem como desculpa para o atacante do Peru. Guerrero afirmou estar à vontade nos esquemas utilizados por Muricy Ramalho, que foi alvo de elogios do atacante na coletiva de segunda-feira.

Vice-artilheiro do Flamengo com nove gols em 20 partida em 2016, Guerrero comentou o fato de a bola estar - muitas vezes - passando perto dele dentro da área, mas sem conseguir ser empurrada para a rede pelo peruano.

- Não tem nada me atrapalhando quanto ao posicionamento. O Muricy me pede para jogar como centroavante e eu faço isso. Me posiciono e luto para ter uma oportunidade. Às vezes não acontece. Eu vou continuar brigando para marcar. Isto é o mais importante para o Flamengo - comentou Guerrero, antes de avaliar as diferenças no time com Cirino ou Alan Patrick em campo: 

- Quando jogo com o Cirino, sei que posso dar uma enfiada longa. Ele vai chegar na bola. O Cirino também divide mais o espaço na frente comigo, dividindo a marcação dos zagueiros. Fico com mais espaço. Já com o Alan Patrick, que vai na linha de fundo e me procura dentro da área, eu busco me posicionar por ali, para completar a jogada.

Seja no 4-4-2 ou no 4-4-3, o Flamengo entra em campo na quarta-feira no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Com Guerrero, o Rubro-Negro precisa vencer por 1 a 0 ou por dois gols de diferença o Fortaleza para ir à terceira fase da Copa do Brasil. Na ida, o Flamengo foi derrotado por 1 a 0.

Depois, o clube da Gávea enfrenta o Grêmio em Porto Alegre. A partida no domingo é válida pela segunda rodada do Brasileirão e será a última de Guerrero antes de se apresentar ao Peru, para a disputa da Copa América.

Em função do torneio, que será disputado nos Estados Unidos, e das Eliminatórias da Copa do Mundo, Guerrero desfalcará o Flamengo em nove partidas: entre a terceira e a 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/guerrero-nega-problemas-com-seu-posicionamento-time.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

1 Comentário

André MacêdoHá 6 meses

Guerrero, tenha fé! Vai dar tudo certo! Você é craque!

Carregar mais