| Futebol

Guerrero persegue recorde de gols no Brasil e busca melhor série pelo Fla

Peruano soma 16 gols distribuídos em 38 jogos disputados em 2016, dois a menos <br>do que marcou em 46 partidas com a camisa corintiana na temporada de 2013

flameng - Guerrero persegue recorde de gols 
no Brasil e busca melhor série pelo Fla

Guerrero pode não fazer um Brasileiro memorável até agora, mas passou a mostrar sua face mais positiva na reta final da competição. Suas atuações contra Corinthians e Atlético-MG - empates em 2 a 2 - se mostraram condizentes com o status de uma das duas principais contratações da gestão Bandeira de Mello. Três gols em dois jogos o credenciam a buscar dois recordes no Brasil que superariam, portanto, suas melhores marcas de Corinthians, sua porta de entrada no país, em 2012.

O peruano de 32 anos soma 16 gols distribuídos em 38 jogos oficiais na atual temporada - média de 0,42 por partida. Se marcar mais dois até o fim do campeonato, iguala seu recorde no país: 18 em 46 confrontos, marca registrada em 2013, em seu segundo ano - mas a primeira temporada completa - pelo Corinthians (saiba mais no quadro abaixo).

A média inevitavelmente será maior, pois só jogará no máximo mais quatro jogos na competição - dos cinco restantes, está fora do duelo com o América-MG, já que estará representando a seleção peruana nas Eliminatórias. Assim, se jogar todos, termina o ano com 42 partidas. O atacante está confirmado na equipe que enfrenta o Botafogo, neste sábado, no Maracanã.

Pelo Flamengo, Guerrero corre atrás de igualar algo que conseguiu apenas duas vezes: marcar em três jogos consecutivamente. A primeira série aconteceu da estreia ao terceiro jogo pelo clube, em 2015, balançando a rede de Internacional (2x1), Náutico (2x0) e Grêmio (1x0). A outra deu-se no atual Brasileiro, marcando contra Botafogo (3x3), América-MG (2x1) e Coritiba (2x0), no primeiro turno.

No sábado passado, no empate contra o Atlético-MG, jogou muito. Deu assistência para Diego e marcou o gol que evitou a derrota (assista ao vídeo). Porém sua atuação não se restringiu a isso. Quase fez outro numa cabeçada à queima-roupa defendida brilhantemente por Victor e ainda abriu espaço para Fernandinho finalizar com muito perigo.


Terminado o duelo em Belo Horizonte, no último sábado, o artilheiro do Flamengo no Brasileiro, com oito gols marcados, foi questionado se fizera sua melhor partida vestindo vermelho e preto. Não soube responder e, mostrando vontade de ganhar, revelou-se irritado com o recuo do time na etapa final.

- Não posso te falar isso, eu estou chateado, acho que meus companheiros também. Acho que merecíamos ter ganhado o jogo. No primeiro tempo, jogamos muito e poderíamos ter feito mais gols.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/11/guerrero-persegue-recorde-de-gols-no-brasil-e-busca-melhor-serie-pelo-fla.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.