| Futebol

Guerrero recebe suspensão provisória de 30 dias por doping, desfalca Peru e Flamengo

A Federação Peruana de Futebol (FPF) confirmou, no início da noite desta sexta-feira, que o atacante Paolo Guerrero recebeu suspensão provisória de 30 dias pela Fifa por testar positivo em exame antidoping nas eliminatórias. Com a suspensão, Guerrero não poderá atuar pelo Peru nos jogos da repescagem da Copa contra a Nova Zelândia, que serão disputados em 11 e 15 de novembro.

A suspensão também impede Guerrero de atuar na partida deste domingo do Flamengo, contra o Grêmio, pelo Brasileiro, e na semifinal da Sul-Americana, contra o Junior de Barranquilla (COL).

Segundo o comunicado da FPF, a suspensão provisória de Guerrero foi comunicada pelo presidente da Comissão Disciplinar da Fifa na tarde desta sexta, por um "resultado analítico adverso" em exame antidoping realizado após a partida contra a Argentina. O jogo, disputado em 5 de outubro, era válido pelas eliminatórias para a Copa de 2018, e terminou empatado em 0 a 0. Guerrero quase marcou um gol de falta nos minutos finais.

"Paolo, capitão e líder da nossa seleção, cumpre um papel muito importante no selecionado dentro e fora do campo, graças à qualidade que evidenciou como pessoa. Valorizamos sua imensa contribuição à nossa seleção, e por isso a FPF e o Peru se solidarizam com ele neste momento difícil", diz o comunicado divulgado pela federação peruana.

O presidente da Comissão de Controle de Doping da CBF, Fernando Soléra, informou ao GLOBO que Guerrero testou positivo para um estimulante. Em casos como esse, a suspensão pode chegar a quatro anos. A informação do doping do atacante havia sido divulgada inicialmente pelo canal "ESPN" da Argentina, que informava, no entanto, se tratar de um uso de "drogas sociais". Soléra disse ter recebido informações por email, do próprio Guerrero e do Flamengo, de que o doping teria ligação com um medicamento tomado pelo atacante quando estava com a seleção peruana.

Guerrero, que foi informado nesta manhã de sexta-feira do resultado analítico adverso, ainda não pediu a abertura da contraprova. A princípio, o Flamengo pretendia escalar o atacante na partida deste domingo, contra o Grêmio, às 17h, em Porto Alegre. Guerrero participou normalmente do treino desta sexta, no Ninho do Urubu, depois de ficar fora das últimas partidas após acusar um problema muscular na coxa esquerda.

O clube foi informado do doping pela Federação Peruana de Futebol (FPF). O jogador vai enviar à CBF toda a medicação tomada enquanto estava a serviço da seleção do Peru em outubro. O Flamengo apresentou à CBF um prontuário negando que qualquer medicamento que possa causar doping tenha sido ministrado pelo clube. Recentemente, Guerrero fazia tratamento conhecido como PRP, de reposição de plasma sanguíneo, para tratar lesão.

Fonte: https://extra.globo.com/esporte/flamengo/guerrero-recebe-suspensao-provisoria-de-30-dias-por-doping-desfalca-peru-flamengo-22028017.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.