Guerrero ressalta importância do clássico: "Temos que pensar em nós"

Guerrero ressalta importância do clássico: "Temos que pensar em nós"

Foto: Gilvan de Souza

Encerradas as atividades em campo no CT George Helal, o comandante do ataque rubro-negro Paolo Guerrero compareceu à Sala de Imprensa Victorino Chermont, onde concedeu entrevista coletiva. Com o clássico contra o Botafogo em vista, a ausência de Diego para o confronto foi um dos tópicos abordados pelos jornalistas, em paralelo com o desgaste maior que terá o adversário em função da partida fora de casa que disputará nesta quinta-feira (20) pela Conmebol Libertadores Bridgestone.

Sócio-torcedor tem mais Flamengo em vídeos da FlaTV Nação Rubro-Negra, com entrevistas exclusivas dos jogadores! Clique e sinta o orgulho de ser sócio-torcedor.


Guerrero comentou sobre a ausência do meia. "Sabemos da falta que vai fazer Diego, que é um jogador muito importante para nós. Mas o Zé com certeza já deve ter o time definido. Essa semana, a gente trabalhou com uma grande variedade de jogadores, experimentou com outros jogadores nessa posição", disse Guerrero, que ressaltou a importância do que acontece dentro das quatro linhas em detrimento dos aspectos extra-campo. "Temos que pensar em nós. Nesse tipo de clássico, não há quem perde mais. Tudo é decidido no campo", completou.

Em seguida, foi a vez do presidente Eduardo Bandeira de Mello conversar com a imprensa. Dentre os assuntos abordados, o mandatário enalteceu a arena da Ilha do Governador, que se aproxima da fase final das obras. "Todo mundo que gosta de futebol gosta do Maracanã, de estádios grandes, mas também gosta de assistir jogos em estádios mais aconchegantes. O Estádio Luso-Brasileiro vai apresentar todas as condições de conforto para o nosso torcedor, um gramado excepcional para o Flamengo jogar e para os adversários também. Acho que será uma experiência muito boa", elogiou o presidente.

Ainda sobre o Luso-Brasileiro, um marco histórico do Mais Querido foi relembrado por Bandeira de Mello. "É um estádio muito importante para a história do Flamengo. Foi lá que o Doval fez seu primeiro gol com a camisa do Mengão, em 1969. Eu estava lá. Acho que vai ser muito bom e agora é só esperar para ver", recordou.

Confira as entrevistas na íntegra pelas lentes da FlaTV: