| Futebol

Hidropônico

flameng - Hidropônico

E lá vamos nós, mais uma vez, falar sobre o Alex Muralha. Novamente em um tom extremamente crítico, afinal, não existe outra maneira para falar do goleiro rubro-negro ultimamente.

Como eu queria vir aqui dizer que o cara calou a minha boca, queimou a minha língua, e está dando a volta por cima, agarrando muito bem. Mas, negativo… O superestimado arqueiro continua agonizando na defesa da meta do ‘Mais Querido’.

E dessa vez ele tinha tudo para realmente calar os críticos. Estava fazendo uma de suas melhores partidas com a camisa do Flamengo, fez defesas difíceis, cara a cara, mostrando o motivo que o trouxe ao maior clube de futebol do Brasil.

Mas, infelizmente, ele fez questão de sacanear tudo no final. O Flamengo ganhava por 1 a 0 lá dentro da Arena da Baixada, quando num cabeceio pífio, fraco, e previsível do zagueiro atleticano Muralha aceitou com suas mãos de alface.

É inadmissível um goleiro profissional, que já chegou até a seleção brasileira(num claro devaneio do Tite), sofrer um gol desses, e não adianta nem o maestro Júnior tentar aliviar a barra do Alex nos comentários da Rede Globo dizendo que o cabeceio foi a queima roupa, não mete essa Capacete!

Na micro-câmera posicionada na rede atrás do gol percebemos com clareza como que suas mãos se flexionam no momento da defesa, ou seja, a bola era totalmente defensável, faltou força, faltou foco, sei lá o que faltou, mas tá faltando mesmo é goleiro pro Flamengo.

Não adianta, está provado agora, o cara pode fazer a melhor partida de sua vida, que no final ele estraga tudo. Nessa partida perdemos não só mais 2 pontos como também a liderança da competição, graças ao espalhafatoso e fanfarrão goleiro rubro-negro, e também ao Rafael Vaz.

Poucos são os flamenguistas que ainda tem algum tipo de confiança em Alex Muralha, sabendo disso alta cúpula azul-vermelha-e-preta resolveu ir ao mercado desesperadamente para fechar com um bom goleiro, ou pelo menos que seja menos pior que o atual, o que não é lá tão difícil assim.

Pelo visto, Júlio César já está bem próximo, o que me anima bastante, o goleiro do 7 a 1 ainda tem muita lenha para queimar no futebol brasileiro, e voltando para a sua casa, aonde foi criado, tenho certeza que honrará o sagrado manto rubro-negro da melhor forma.

Não, é claro que eu não me esqueci de suas declarações no auge da carreira, quando era o melhor goleiro da Europa, e dizia que não tinha vontade encerrar a carreira no Flamengo e que aposentaria lá na Inter de Milão mesmo. Mas o destino deu um tapa na cara do Julião, ele baixou a sua bolinha.

Enfim, temos outras opções além do Júlio César, vão de Diego Alves à Gomes, mas jamais, eu disse JAMAIS, podemos cogitar usar o Muralha como a opção para a titularidade.

 ‘Que os deuses do futebol estejam com o Flamengo!’

Vinny Dunga

Siga no Twitter:  twitter.com/DungaVinny (@DungaVinny)

Curta no Facebook: facebook.com/ColunaDoVinny

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/05/hidroponico/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.