| Futebol

Histórico ruim! Veja ex-jogadores do Fla que viraram dirigentes do clube

Cria do clube, zagueiro Juan pode se tornar dirigente do Flamengo após sua aposentadoria

flameng - Histórico ruim! Veja ex-jogadores do Fla que viraram dirigentes do clube

O zagueiro Juan renovou seu contrato com o Flamengo no início da semana passada e, após sua aposentadoria, pode se tornar dirigente do clube. Por conta das raízes rubro-negras, da experiência e liderança do jogador dentro do grupo, a diretoria planeja que ele ocupe alguma função no futebol depois de pendurar as chuteiras. 

LANCE! relembra outros ex-jogadores que também se tornaram dirigentes.

GILMAR RINALDI (dezembro de 1998 e fevereiro de 2000)

Goleiro campeão brasileiro em 1992, Gilmar Rinaldi ocupou um cargo administrativo na gestão de Edmundo dos Santos Silva no Flamengo. Porém, seu período como superintendente de futebol rendeu uma sucessão de polêmicas.

Rinaldi foi o responsável pela demissão de Evaristo de Macedo e por descartar Rincón e Mozart como reforços no ano seguinte. Além disso, ele também teve várias desavenças com Romário. Além de contestar uma liberação do departamento médico e impedir o ídolo de treinar, o superintendente exigiu multas por faltas e atrasos e, por fim, foi um dos responsáveis pela dispensa do Baixinho, após uma noitada na Festa da Uva, em Caxias do Sul (RS).

JÚNIOR (janeiro a dezembro de 2004)

Júnior foi uma aposta de Márcio Braga em dezembro de 2004 para o cargo de diretor técnico de futebol do Flamengo. O ex-camisa 5 foi responsável pelo projeto Fla Futebol, recebendo carta branca para contratações, em um trabalho feito ao lado do diretor executivo José Maria Sobrinho e do diretor de marketing João Henrique Areias. No entanto, ele teve algumas frustrações e saiu no final da temporada.

ZICO (junho a outubro de 2010)

Maior ídolo da história do Flamengo, Zico foi anunciado pela então presidente Patrícia Amorim como diretor executivo do clube em junho de 2010. No entanto, sua passagem foi a mais breve de um ídolo em um cargo administrativo na Gávea. Queixando-se de desavenças com conselheiros do clube (em especial, Leonardo Ribeiro, o Capitão Léo) e de acusações à sua família, o Galinho anunciou sua saída em seu site oficial.

ZINHO (maio a dezembro de 2012)

Zinho foi outro que precisou lidar com algumas turbulências na Gávea. Campeão brasileiro em 1987 e 1992, ele foi contratado por Patrícia Amorim em 2012 como diretor de futebol e teve de resolver os problemas envolvendo Ronaldinho Gaúcho. Além disso, a demissão do técnico Joel Santana e as notícias vazadas dos jogadores especulados também foram problemas em sua gestão.

MOZER (desde junho de 2016)

Revelado pelo Flamengo, Mozer atuou no clube entre 1980 e 1987. Além do Mundial de Clubes, conquistou o Brasileirão em três oportunidades (1980, 1982 e 1983) e a Libertadores em 1981. Ele foi anunciado como gerente de futebol do Flamengo no dia 13 de junho deste ano.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/historico-ruim-veja-jogadores-fla-que-viraram-dirigentes-clube.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.