• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Honda pede paciência no Brasileiro, cita Flamengo e São Paulo e diz não temer ninguém na ...

Principal jogador do Botafogo ao lado de Salomon Kalou, Keisuke Honda tem um modo particular de avaliar futebol. E com a experiência de seus 34 anos e três Copas do Mundo, ele admitiu que o clube não tem feito sua torcida feliz até aqui em 2020, mas pediu, com outras palavras, paciência.

E o japonês listou argumentos para isto. Citou, por exemplo, nesta entrevista à BotafogoTV que a ESPN Brasil teve acesso com exclusividade, que o elenco tem muitos jovens, que não há experiência de grupo como outros times têm, segundo ele, Flamengo e São Paulo, e que a evolução deve ser passo a passo.

O japonês, que vestiu a camisa de clubes como CSKA-RUS, Milan-ITA e Pachuca-MEX, também respondeu se acredita ter feito suas melhores apresentações com a camisa alvinegra nos duelos contra o Vasco, pela Copa do Brasil. E foi ácido nas palavras.

'As pessoas só focam quando ganhamos o jogo, não concordo com isto'

play
0:58

Honda, sobre o Botafogo: 'As pessoas só focam quando ganhamos o jogo, não concordo com isto'

Jogador falou à BotafogoTV e disse se duelo contra o Vasco pela Copa do Brasil foi seu melhor até aqui pelo clube

É também na disputa nacional de mata-mata que ele acredita ser a melhor chance de título do Botafogo na temporada. E garantiu não temer ninguém na próxima fase, oitavas de final, que já terá os clubes brasileiros da atual edição da Conmebol Libertadores.

'Estamos prontos para jogar contra qualquer time [nas 8ªs da Copa do Brasil]'

play
0:57

Honda mira dar felicidade a torcedores do Botafogo na Copa do Brasil e diz não temer ninguém: 'Estamos prontos para jogar contra qualquer time'

Para japonês, disputa é a 'grande chance' de título do clube, que já está nas 8ªs de final, fase que terá os times brasileiros da Conmebol Libertadores

O Botafogo volta a campo neste domingo (27) contra o Atlético-GO, às 18h15, no Estádio Olímpico, em Goiânia, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time do técnico Paulo Autuori é o penúltimo colocado, com 10 pontos ganhos em dez jogos.

Publicado em www.espn.com.br.