• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Horário alternativo da Supercopa faz parte de acordo entre Globo e CBF para transmissão em rede nacional

Flamengo e Palmeiras se enfrentam pela Supercopa do Brasil. O grande duelo está marcado para domingo (11), às 11h (horário de Brasília), no estádio Mané Garrincha. O horário alternativo foi muito questionado pelos torcedores, no entanto, a escolha faz parte de um acordo entre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Rede Globo, detentora dos direitos de transmissão da competição.

De acordo com o contrato entre as partes, a partida precisa ser transmitida para todo o Brasil. E, por questões comerciais da Rede Globo, o horário das 11h foi reservado para a final, visto que na faixa das 16h não seria possível a exibição em rede nacional devido aos campeonatos estaduais. A informação foi inicialmente divulgada pelo portal UOL.

Como a emissora possui contrato com alguns campeonatos estaduais, já tinha a grade de exibição definida para o horário das 16h (horário de Brasília). Por exemplo, em Minas Gerais, há o clássico entre Atlético Mineiro e Cruzeiro. Além disso, nesse mesmo horário, para o restante do Brasil, a emissora prevê a clássica sessão de filmes.

Por serem os clubes de maiores investimentos no futebol brasileiro, Flamengo e Palmeiras travam uma das finais mais esperadas dos últimos tempos. Além disso, a Supercopa do Brasil virou uma atração na televisão, visto que vai marcar o retorno de Galvão Bueno para a narração, após 14 meses afastado do trabalho por conta da pandemia da Covid-19.

Vale destacar que, além da transmissão em rede nacional com Galvão, Júnior e Caio Ribeiro, a Rede Globo também exibirá a partida no SporTV. Na TV fechada, a narração fica por conta de Luiz Carlos Júnior e comentários de Paulo Vinícius Coelho e Ana Thaís Matos. No entanto, o Coluna do Fla traz, como de costume, a transmissão mais rubro-negra da internet, com Rafa Penido, Tulio Rodrigues e João Pedro Granette.

Publicado em colunadofla.com.