Nesta terça-feira, enquanto os demais atletas estavam em um trabalho tático, ele participava de uma atividade específica orientada pelo fisioterapeuta Fred Manhães no Centro de Excelência em Performance. E os movimentos são bastante animadores. O atleta rompeu o tendão patelar do joelho esquerdo em 22 de outubro do ano passado, em partida contra o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro. Dois dias depois, passou por cirurgia.

Conforme previsão inicial, o período de recuperação é de oito meses. Se ocorrer tudo dentro dos conformes, como parece estar, Berrío deverá vestir novamente a camisa rubro-negra ao fim de junho. A grave lesão, inclusive, vai impedir a sua participação na Copa do Mundo da Rússia para defender a seleção colombiana.

​​